Estão abertas inscrições para o sarau “Evoé Portas Abertas” Destaque

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Tradicional evento cultural realizado pela Prefeitura será no dia 22 de julho, na Escola de Artes Augusto Boal

Um dos eventos mais tradicionais do calendário cultural de Hortolândia está de volta! O sarau “Evoé Portas Abertas”, realizado pela Prefeitura, abre inscrições para apresentações de espetáculos, performances, dentre outras atividades artísticas. Os interessados devem se inscrever por meio deste LINK. O prazo de inscrição termina na próxima sexta-feira (08/07). Podem se inscrever aprendizes dos cursos de arte e cultura ministrados pela Prefeitura, artistas da cidade e região e a população. As apresentações inscritas devem ter até no máximo 10 minutos de duração e especificar a classificação indicativa. As inscrições também podem ser feitas por meio do QR Code que está no arquivo anexo abaixo.

O evento foi criado, em 2015, por aprendizes das Formações Culturais (cursos profissionalizantes) de Arte Dramática (Teatro) e de Dança, ministrados pela Prefeitura na Escola de Artes Augusto Boal. O sarau faz parte da disciplina Legislação e Produção Cultural, que consta da grade curricular das formações. A palavra “evoé” é um grito de evocação ao deus da mitologia romana Baco (ou Dionísio, na mitologia grega), relacionado às festas e ao vinho. O sarau tem “portas abertas” para pessoas que queiram participar. O objetivo é promover a livre circulação de experimentos e manifestações artísticas.

O sarau será no dia 22 de julho, às 18h30, na Escola de Artes Augusto Boal, localizada na rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda. Em virtude da pandemia, o sarau não foi realizado nos últimos dois anos. O evento é aberto ao público. A Prefeitura de Hortolândia reforça que é obrigatório o uso de máscara durante o sarau.

“É uma maravilha podermos retomar a realização do sarau ‘Evoé Portas Abertas’, que é um evento tão importante para a comunidade. A Prefeitura trabalha para que a Escola de Artes seja um espaço que una formação e apresentação de espetáculos, desde os clássicos até os mais experimentais”, destaca o secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno.

Foto: Espetáculo “Circo Firuliche”, do artista de Hortolândia, Shita Yamashita, que será apresentado no sarau “Evoé” deste ano

Crédito: Carol Hernandes

“Re Virada Cultural” atrai público de cerca de 7.000 pessoas

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Evento realizado pela Prefeitura de Hortolândia no parque Chico Mendes ofereceu café da manhã e muita música sertaneja, no domingo (26/06)

Cerca de 7.000 pessoas lotaram o parque socioambiental Chico Mendes, na região central, para conferir a edição deste ano da “Re Virada Cultural”, no domingo (26/06). Suspenso nos últimos dois anos em virtude da pandemia, o evento foi promovido pela Prefeitura de Hortolândia em parceria com governo do Estado, CDRMC (Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas) e Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas). O prefeito José Nazareno Zezé Gomes esteve presente. De acordo com a Secretaria de Cultura, o horário de pico foi à noite, quando o evento registrou público de cerca de 5.000 pessoas.

A programação foi aberta com o tradicional “Café Com Viola”, que esquentou o público, e com a apresentação da Companhia de Santos Reis Rosa dos Anjos, que mantém viva a tradição da Folia de Reis na cidade. 

Depois, a música sertaneja tomou conta do parque, com apresentações de artistas e duplas da cidade e da região. Entre um show e outro, o público pôde ainda matar a fome e a sede nos vários food trucks que estavam no parque. Além disso, o evento teve feira com cerca de 20 empreendedores que integram o programa EcoSol (Economia Solidária), da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social. Participaram da feira empreendedores de artesanato e produtos confeccionados manualmente, tais como quadros, artigos de decoração, sabonetes e sais de banho, chinelos, tapetes, bijuterias, temperos, doces, salgados, sanduíches, sucos, entre outros. O evento teve ainda arrecadação de doações para a “Campanha do Agasalho”, promovida pelo FunSol (Fundo Social de Solidariedade), da Prefeitura. 

Para o secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno, o evento deste ano foi marcada pela diversidade. “Foi um domingo para ficar na memória e no coração. Celebramos a grande festa da diversidade cultural. Ver tantas pessoas felizes, cantando e dançando, e famílias prestigiando o evento, faz a Prefeitura continuar com muito empenho e carinho em seu trabalho de promover ações culturais para o povo. A cultura move paixões, economia, solidariedade e arte. Nossa gratidão aos artistas, à equipe da Secretaria de Cultura e das demais secretarias envolvidas que nos ajudaram na realização do evento”, destaca Bueno.

Centro de Memória de Hortolândia abre neste sábado (24/06) com novidades tecnológicas

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Órgão da Prefeitura agora está equipado com câmera de monitoramento dos trens e Wi-Fi

Quer fazer um passeio cultural em Hortolândia neste fim de semana? A dica é visitar o Centro de Memória Professor Leovigildo Duarte Júnior, órgão da Prefeitura. O espaço está com duas novidades tecnológicas para o público. A primeira é uma câmera de monitoramento dos trens que passam na linha férrea ao lado do local. A outra novidade é a disponibilização gratuita de acesso à internet via Wi-Fi, que poderá ser utilizado somente pelos visitantes mediante uso de senha. O centro abre todo último fim de semana de cada mês para visitação. Exepcionalmente neste fim de semana, o espaço estará aberto somente sábado (25/06), das 9h às 13h, em virtude da realização do evento “Re Virada Cultural”, no domingo (26/06). O Centro de Memória está localizado na rua Rosa Maestrello, 2, Vila São Francisco. 

A câmera de monitoramento dos trens foi inaugurada no evento “Café Com Viola”, realizado, em maio, pela Prefeitura em comemoração ao 31º aniversário de emancipação política de Hortolândia. 

O fornecimento e a instalação do equipamento foram feitos pelo grupo Railcam Brasil, que reúne admiradores e fãs de trens e ferrovias do Brasil e de outros países. Hortolândia é o segundo município a receber a câmera. A iniciativa conta com o apoio da empresa Rumo, concessionária do transporte ferroviário na cidade e na região, e da Prefeitura. 

O coordenador do grupo, Rafael de Arruda Bulcão, explica que a decisão de instalar o equipamento no Centro de Memória foi pelo fato da ferrovia ser parte importante da história do município. “Frequento o Centro de Memória desde 2013, 2014. Escolhemos instalar a câmera no local porque a cidade se formou e desenvolveu em função do trem e da Estação Jacuba, que está presente até hoje no município. Além disso, o Centro de Memória é um lugar seguro, com iluminação. É um ponto de encontro onde as pessoas podem tirar fotos e trocar informações”, destaca Bulcão. 

A câmera do tipo 360º foi instalada em um poste no terreno do Centro de Memória. O público pode acompanhar em tempo real as passagens dos trens no canal no YouTube do grupo. O equipamento funciona 24 horas. 

De acordo com o coordenador Rafael de Arruda Bulcão, desde a instalação da câmera no Centro de Memória, o canal do grupo no YouTube registrou 35.000 visualizações, número recorde alcançado até o momento pelo canal. Além da câmera, o grupo disponibilizou o Wi-Fi gratuito no espaço. 

O Centro de Memória ocupa o prédio da antiga estação ferroviária Jacuba, que foi restaurado pela Prefeitura e inaugurado em 2014. Com um acervo de objetos, fotos e materiais antigos, a unidade guarda parte importante da história do município.

Exposição em homenagem a Mestre Chiquinho

Os visitantes podem ainda conferir no Centro de Memória a atual exposição em cartaz, “Chiquinho: trajetória e legado do mestre do mundo”, em homenagem ao Mestre Chiquinho, um dos moradores mais ilustres de Hortolândia.

A exposição, inaugurada em dezembro do ano passado, reúne cerca de 100 objetos, dentre fotos, vestimentas, fantasias e outros itens, que fazem parte dos acervos pessoal de Mestre Chiquinho e do próprio centro. Um dos itens de destaque é uma foto antiga do avô de Mestre Chiquinho, que de acordo com ele, tem mais de 100 anos. “É a foto mais antiga da exposição”, conta o homenageado.

Nascido em Arealva (SP), Mestre Chiquinho, cujo verdadeiro nome é Francisco Aparecido Borges de Almeida, mora em Hortolândia desde 1976. Ele é conhecido por seu trabalho de preservar tradições culturais populares na cidade. Nos anos 1980, ele ajudou a criar a Companhia de Santos Reis “Rosa dos Anjos”, que mantém viva a tradição da Folia de Reis. 

Mestre Chiquinho é também um dos criadores do grupo Pioneiros do Catira, em 2006, que faz apresentações de catira, estilo de dança popular cujo ritmo é conduzido pelas batidas dos pés e das mãos dos dançarinos. Ele ainda é um dos idealizadores da Orquestra de Viola de Hortolândia, criada em 2009, e que inicialmente chamava-se Orquestra de Viola Comitiva da Esperança. Mais recentemente, Mestre Chiquinho criou o grupo Rainhas do Catira, formado por mulheres. Desde 2006, em parceria com a Prefeitura, Mestre Chiquinho coordena e ministra aulas de violão e viola caipira.

Documentário

O visitante ainda poderá conferir na exposição o documentário “Ao Mestre Chiquinho Com Carinho”. Com 30 minutos de duração, o documentário conta a vida do homenageado. O documentário apresenta entrevistas e depoimentos do próprio Mestre Chiquinho e de seus amigos, parentes, familiares e integrantes dos grupos coordenados por ele. 

O documentário ainda apresenta mais de 20 fotos do acervo pessoal de Mestre Chiquinho e do Centro de Memória. O documentário foi realizado pela Secretaria de Cultura em parceria com a produtora Rumo Audiovisual. O município foi selecionado pelo programa “Juntos Pela Cultura”, iniciativa da associação Amigos da Arte em parceria com o governo do Estado, para produzir o documentário. A direção é de Diego Freitas e Julia Rany Campos Uzun. O documentário também está disponível no canal do YouTube da Secretaria de Cultura.

Depois de conhecer a história de Mestre Chiquinho e do município, o visitante poderá ter a sorte de ver o trem passando ao lado do centro. Após o passeio, o público pode ainda descansar, tirar fotos e usufruir a área externa do centro, onde há árvores frutíferas (duas mangueiras e uma caramboleira) que oferecem sombras acolhedoras, principalmente nos dias de sol forte.

Centro de Educação Musical de Hortolândia realiza audições com alunos neste fim de semana

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Estudantes fazem apresentações abertas ao público neste sábado e domingo (25 e 26/06)

É a hora dos alunos mostrarem na prática os conhecimentos aprendidos nas aulas. O Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia Maestro Ronaldo Dias de Almeida realizará suas tradicionais audições, neste sábado e domingo (25 e 26/06). As audições serão no próprio centro, que fica na rua Vicente Palhão, s/nº, Jardim Santa Cândida. As atividades são gratuitas e abertas ao público. A Prefeitura recomenda chegar com 15 minutos de antecedência, uma vez que as atividades começam pontualmente. A Prefeitura ainda reforça que é obrigatório o uso de máscara para assistir as apresentações dos alunos.

De acordo com o centro, participarão cerca de 80 estudantes. No sábado, às 8h30, será a audição dos alunos de percussão. A programação no domingo começará às 8h30, com a audição dos alunos de saxofone. Depois, às 10h, será a vez dos alunos de oboé e fagote. Já à tarde, acontecerão as audições dos alunos dos cursos de trompete, às 14h, e de percussão, às 15h30.

Nas audições, os alunos fazem apresentações individuais e em grupos nas quais mostram seu nível de desenvolvimento. Ao realizar as audições, o centro busca promover a integração dos estudantes com suas famílias, parentes e a comunidade local. O centro também realiza, a cada semestre, as audições coletivas, das quais participam os alunos que tiveram melhor performance nas audições individuais e em grupos.

O secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno, destaca que as audições representam para os alunos um momento preparatório para o futuro ingresso no mercado de trabalho. “As apresentações são parte da formação dos alunos do Centro de Educação Musical. Ao participarem das audições, eles já estão se preparando para o mercado de trabalho, onde a relação com o público é fundamental”, salienta o secretário.

Desenho “Aladdin”, sucesso dos anos 1990, é atração da sessão do Pontos MIS, nesta sexta-feira (24/06)

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Sessão será às 19h30 na Escola de Artes Augusto Boal, com distribuição gratuita de pipoca para o público

Quer relembrar um sucesso do cinema? Então, a dica é conferir a exibição do filme de animação “Aladdin”, que acontecerá nesta sexta-feira (24/06). O longa-metragem é a atração da mostra “Desenhos 90´s”, realizada pelo programa Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som), do governo do Estado, e a Prefeitura de Hortolândia. A sessão será às 19h30, na Escola de Artes Augusto Boal, localizada na rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda. A sessão terá outro atrativo para as crianças: haverá distribuição gratuita de pipoca. A Prefeitura reforça que é obrigatório o uso de máscara durante a sessão.

O filme é inspirado no famoso conto “Aladdin e a lâmpada maravilhosa”, que integra o livro “As mil e uma noites”. Na versão produzida pela empresa Walt Disney, Aladdin é um jovem malandro que se envolve em confusões, junto com seu macaquinho Abul. No mercado da cidade, ele conhece a princesa Jasmine, que fugiu do palácio onde ela mora. Ao encontrar uma lâmpada mágica numa caverna, Aladdin liberta o gênio que estava preso dentro do objeto. O gênio tem o poder de realizar três desejos do jovem. Aladdin usa os desejos para ajudar a princesa a enfrentar o vilão Jafar, que quer dominar o reino. 

“Aladdin” foi uma das produções que marcou o renascimento da Walt Disney na década de 1990. O filme ganhou os Oscars de Melhor Canção Original (“A whole new world”) e Melhor Trilha Sonora. Na versão original, o falecido ator Robin Williams faz a voz do gênio da lâmpada.

Pontos MIS promove bate-papo sobre a cena de reggae no Maranhão

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Evento on-line e ao vivo será nesta quinta-feira (23/06), às 19h

No mapa da cultura pop brasileira, São Luís é considerada a capital do reggae. O gênero musical, originário da Jamaica, é popular na cidade maranhense e tem características peculiares. Uma delas são as chamadas “radiolas” (foto), caixas de som empilhadas em grande quantidade, semelhantes aos sound systems criados pelos DJs jamaicanos. Para mostrar mais sobre o movimento de reggae do Maranhão, o programa estadual Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som) promove o bate-papo on-line “Prosa de Tripé”, nesta quinta-feira (23/06), às 19h. O público poderá conferir o evento no canal no YouTube do Pontos MIS.  

O bate-papo contará com as participações do fotógrafo Felipe Lorozza, que está com a exposição “Radiolas” em exibição na cidade de São Sebastião pelo Pontos MIS, e Adbailson Cuba, diretor cultural do município paulista que recebe a exposição. A mediação do bate-papo será da professora e pesquisadora, Natália Tonda.

Hortolândia promove “Re Virada Cultural”, neste domingo (26/06)

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Evento será das 8h às 21h no Parque Socioambiental Chico Mendes

Se você gosta de cultura caipira e música sertaneja, anote na agenda o programa certeiro para o fim de semana. Hortolândia será o palco da “Re Virada Cultural”, neste domingo (26/06). O evento será, às 8h, no Parque Socioambiental Chico Mendes, localizado entre as avenidas Olívio Franceschini e Santana, na região central. A “Re Virada Cultural” é realizada pela Prefeitura em parceria com o governo do Estado, CDRMC (Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas) e Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas).

O objetivo é valorizar o artista local e promover a circulação da produção cultural das cidades da região. O evento não era realizado desde 2020 em virtude da pandemia do Coronavírus.

De acordo com a Secretaria de Cultura, a edição deste ano do evento terá como temas a cultura caipira e a música sertaneja, manifestações artísticas que fazem parte da história de Hortolândia. A programação será aberta com o tradicional “Café com viola”, que será oferecido até as 9h. Enquanto degusta o delicioso café da manhã, o público irá conferir a apresentação da Companhia de Santos Reis Rosa dos Anjos (foto). O grupo, criado nos anos 1980, mantém viva a tradição da Folia de Reis na cidade.

Depois, às 9h, quem gosta dos modões e clássicos sertanejos irá se deleitar com a apresentação da Orquestra de Viola Caipira de Hortolândia. O grupo, formado em 2009, inicialmente chamava-se Orquestra de Viola Comitiva da Esperança. A Orquestra de Viola e a Companhia Rosa dos Anjos foram fundados por Mestre Chiquinho, ilustre morador da cidade que é tema da atual exposição em cartaz no Centro de Memória Professor Leovigildo Duarte Junior, localizado na rua Rosa Maestrello, 2, Vila São Francisco. 

A música sertaneja continuará a dar o tom com apresentações de vários artistas da cidade e da região (confira abaixo a programação). O evento terá ainda food trucks e feira com cerca de 20 empreendedores que integram o programa EcoSol (Economia Solidária), da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social. A feira terá artesanato e produtos confeccionados manualmente, tais como quadros, artigos de decoração, sabonetes e sais de banho, chinelos, tapetes, bijuterias, temperos, doces, salgados, sanduíches, sucos, entre outros. 

Além disso, o público poderá fazer uma ação solidária. O evento terá arrecadação de doações para a “Campanha do Agasalho”, promovida pelo FunSol (Fundo Social de Solidariedade), órgão da Prefeitura. 

O secretário-adjunto de Cultura, Claudinei Prazeres de Barros, destaca a grande exposição proporcionada pelo evento. “A ‘Re Virada Cultural’ é uma grande vitrine regional. O evento é muito importante para valorizar os artistas da cidade e da região metropolitana de Campinas. Neste momento de retomada dos grandes eventos, escolhemos o tema sertanejo, uma vez que Hortolândia é celeiro da música caipira. O evento exalta as tradições culturais e salvaguarda o patrimônio imaterial da cidade”, salienta Barros.

Confira abaixo a programa da “Re Virada Cultural”:

– 8h: Café com Viola (café da manhã servido até as 9h)

Abertura com a Companhia de Santos Reis Rosa dos Anjos

– 9h: Orquestra de Viola Caipira de Hortolândia 

– 10h: Cia. Toninho Cavaleiro (dança)

– 11h: Isabella Vallentina 

– 12h: Zé Victor e João 

– 13h: Ailton Junior 

– 14h: Carol Silva 

– 15h: As Brutas 

– 16h: Erica Barbosa 

– 17h: Alessandro Silva

– 18h: Bruno Prado 

– 19h: Thiago Lins

– 20h: Gabriel Gadelha 

– 21h: Otávio e Raphael

Projeto “Concertos Oficiais” saúda chegada do inverno com concerto da Banda Municipal

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Apresentação será nesta terça-feira (21/06), às 20h, no Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia (CEMMH) 

Hortolândia dá as boas-vindas ao inverno com música. A Prefeitura promove o projeto “Concertos Oficiais – Série Inverno” nesta terça-feira (21/06), com a Banda Municipal. O concerto será às 20h no Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia (CEMMH) Professor Ronaldo Dias de Almeida, localizado na rua Vicente Palhão s/nº, Jardim Santa Cândida. O público que quiser conferir a apresentação poderá retirar os ingressos gratuitos no local das 19h até as 19h45. A Prefeitura reforça para o público que é obrigatório o uso de máscara durante o concerto.  

Para saudar a chegada da estação mais fria do ano, a Banda Municipal apresentará um repertório especial, intitulado “Ecleticidade”. Como o nome já diz, o concerto terá composições musicais de estilos e gêneros variados. O programa terá a obra “Carmen Fantasie”, com temas da famosa ópera “Carmen”, do compositor francês Georges Bizet (1838-1875).

Para os fãs de trilhas sonoras de filmes, a Banda Municipal executará a obra “Indiana Jones selection”, com temas compostos pelo maestro norte-americano John Williams para a bem-sucedida franquia cinematográfica protagonizada pelo intrépido arqueólogo Indiana Jones. 

A música brasileira também marcará presença. A Banda Municipal apresentará o pot-pourri “Homenagem a Chico Buarque”, com trechos das músicas “Folhetim”, “Homenagem ao malandro” e “A banda”, compostas pelo famoso artista da MPB. Atualmente, a Banda Municipal conta com 35 integrantes, sob regência do maestro e coordenador do CEMMH, Marcio Beltrami.

CONCERTOS OFICIAIS 

O projeto, realizado pela Secretaria de Cultura, promove a difusão da música clássica e a formação de público por meio das apresentações dos grupos do CEMMH, cujos integrantes são alunos e músicos formados no centro. A programação de concertos acontece durante o ano nas estações outono, inverno e primavera

Confira abaixo o programa do concerto especial da Banda Municipal de Hortolândia:

– “Ross Roy Overture”, de Jacob de Haan

– “Carmen Fantasie (Temas da ópera “Carmen”)”, de Georges Bizet

arranjo: R. Mark Rogers

solista: Felipe dos Santos Silva (flauta)

– “Clássicos gaúchos”

arranjo: Leandro Serafim

adaptação: Gilson Santos

– “Indiana Jones selection”, de John Williams

arranjo: Hans van der Heide

– “Big band favorites”

arranjo: Bob Lowden

– “Homenagem a Chico Buarque” (pot-pourri com as músicas “Folhetim”, “Homenagem ao malandro” e “A banda”)

arranjo: Ciro Pereira

Coletivo promove batalha de rima no Jardim Amanda, neste domingo (19/06)

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Evento será na praça popularmente chamada “Pico do Cris”, às 14h; Biblioteca Municipal de Hortolândia montará estante com livros gratuitos do projeto “Gostou? Leva pra casa!”

Manos e minas, preparem-se para mandar seu flow de responsa! O Coletivo NPN promove a “Batalha J.A. Versão Combate”, neste domingo (19/06). A batalha de rima será às 14h, numa quadra de esporte, conhecida como “Pico do Cris”, na rua Tiradentes, na Lagoa do Amanda, no Jardim Amanda. O evento conta com o apoio da Prefeitura de Hortolândia.

De acordo com o coletivo, o evento terá ambientação temática de ringue de luta, com participação de MCs (mestres de cerimônia) da cidade e região. Os três melhores ganharão trófeus e brindes. O vencedor da “batalha” receberá ainda um cinturão de campeão, numa brincadeira em alusão aos combates do UFC. Os interessados devem fazer inscrição neste LINK.

Além de alucinar com as rimas dos competidores, o público irá conferir apresentações de artistas e grupos de rap. A lista de atrações terá o grupo Manos Urbanos, Pkno Dom, Ice Kaim, Ruana Soul e Ovelha, Jorge Brito, Mc Maikim, DJ Buguelo, DJ Negretty, DJ Zathura, Wyrla e Miley, The Black Guys, Kryoulos Dance e DJ Mathy.

Fazer o bem

O público poderá ainda praticar o bem. O evento fará arrecadação de alimentos para pessoas em vulnerabilidade social. 

Haverá também arrecadação de absorventes. O coletivo solicita às pessoas que queiram participar da batalha para que façam a doação de, pelo menos, dois pacotes de absorventes. Os itens arrecadados serão destinados para a campanha “Juntas no ciclo”, realizada pelo Fundo Social de Solidariedade, órgão da Prefeitura.

Entre uma batalha e outra, o público poderá ficar com o visual caprichado. O evento oferecerá cortes de cabelo gratuitos e terá um espaço de tatuagem. Para os pequeninos, o evento terá um Espaço Kids, em que serão oferecidas atividades e brincadeiras.

Estantes com livros gratuitos 

Para estimular o hábito da leitura do público e dos competidores, o evento contará com a participação da Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte. O órgão estará com a estante do projeto “Gostou? Leva pra casa”, com livros gratuitos para as pessoas pegarem e levarem para ler. 

De acordo com o coordenador da biblioteca, Rafael Antonio da Silva, serão disponibilizados 120 títulos, dentre livros e DVDs, de diferentes gêneros litérários. A estante estará ainda com um QR Code para as pessoas que queiram conhecer a biblioteca sejam direcionadas às redes sociais (Facebook e Instagram) do espaço. “Sempre quando possível em eventos fora do seu espaço, a biblioteca busca cumprir o objetivo de fomentar o livro, o hábito da leitura e divulgar suas atividades. Por meio do QR code, os interessados poderão conhecer o trabalho da biblioteca e, caso queiram, fazer seu cadastro posteriormente”, destaca Silva.

Hortolândia comemora Dia do Orgulho Autista, neste domingo (19/06)

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Evento celebrado com o apoio da Prefeitura será às 9h no Parque Socioambiental Chico Mendes

Comemorar para incluir. É com esse objetivo que a AMAAH (Associação de Mães e Amigos dos Autistas de Hortolândia), com o apoio da Prefeitura, realiza um evento para celebrar o Dia do Orgulho Autista, neste domingo (19/06). O evento será às 9h no Parque Socioambiental Chico Mendes, localizado entre as avenidas Olivio Franceschini e Santana, região central. 

A programação terá atividades funcionais ao ar livre, sendo que um dos destaques é a tenda sensorial, espaço para ajudar autistas a desenvolver capacidades para reagir a estímulos sensoriais, tais como texturas, sons, cores, cheiros, entre outros. Já para estimular a imaginação, o evento terá a tenda de contação de histórias, com o grupo Griots.

Para auxiliar famílias, parentes e amigos de autistas, a associação montará sua tenda de acolhimento. O evento contará ainda com a tenda da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) para dar orientações sobre os direitos dos autistas.

Conscientizar a sociedade

O Dia Mundial do Orgulho Autista, 18 de junho, foi idealizado pela associação norte-americana Aspies For Freedom. A primeira comemoração aconteceu em 2005. O objetivo da data é conscientizar e sensibilizar a sociedade sobre as pessoas diagnosticadas com algum grau do Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Criada em 2020, a AMAAH apoia pessoas em busca de orientação sobre como confirmar o diagnóstico, tratamento, auxílio psicológico e assistencial. Também fornece cestas básicas, cujos alimentos são doados por voluntários, para famílias de autistas de baixa renda. Além disso, encaminha famílias para atendimento em clínicas particulares parceiras e para serviços da Prefeitura como CIER (Centro Integrado de Educação e Reabilitação) e CAPS (Centro de Atendimento Psicossocial). Mais informações sobre o AMAAH podem ser obtidas pelo telefone (19) 99346-5761.

A Prefeitura, com o apoio da associação, passou a fazer a emissão da Carteira de Identificação do Autista (foto). O documento é um importante meio para que autistas possam comprovar sua condição, bem como auxilia na identificação dessas pessoas pela sociedade.https://www.facebook.com/plugins/like.php?app_id=171342606239806&channel=https%3A%2F%2Fstaticxx.facebook.com%2Fx%2Fconnect%2Fxd_arbiter%2F%3Fversion%3D46%23cb%3Df1d3aa4476a9a3c%26domain%3Dwww2.hortolandia.sp.gov.br%26is_canvas%3Dfalse%26origin%3Dhttp%253A%252F%252Fwww2.hortolandia.sp.gov.br%252Ffae7d50228e908%26relation%3Dparent.parent&container_width=0&href=http%3A%2F%2Fwww2.hortolandia.sp.gov.br%2Fnoticias%2Fitem%2F20509-hortolandia-comemora-dia-do-orgulho-autista-neste-domingo-19-06&locale=en_US&sdk=joey&send=false&show_faces=true&width=260