Centro de Memória e unidades culturais de Hortolândia retomam atendimento ao público

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Entrada do Centro de Memória “Leovigildo Duarte Junior”, aberto a partir de 27 de julho de 2021

Quer conhecer Hortolândia? Uma boa dica de passeio cultural para quem quer saber mais sobre a cidade é conferir o Centro de Memória Professor Leovigildo Duarte Junior, localizado na rua Rosa Maestrello, 2, Vila São Francisco. O órgão, vinculado à Prefeitura, retoma, a partir desta terça-feira (27/07), o agendamento de visitas. Os interessados podem ligar nos telefones (19) 3965-1436 e (19) 3965-1400, ramal 7530, ou pelo e-mail [email protected]. As visitas podem ser agendadas por escolas das redes pública e particular de ensino, associações e organizações socioculturais, empresas e população em geral. O centro funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h45, e no último fim de semana do mês (sábado e domingo), das 9h às 16h.

A visitação pública é retomada, mas com algumas restrições para evitar a disseminação do Coronavírus. De acordo com a coordenadora do centro, Paula Caetano, serão permitidos no máximo 3 visitantes por vez dentro do espaço. Vale lembrar que o centro manterá os protocolos sanitários que incluem o uso obrigatório de máscara dentro das dependências, distanciamento e disponibilização de álcool em gel para higienização.

Atualmente, o centro está com a exposição “Sabores de Hortolândia – Uma Mistura de Temperos, Histórias e Culturas”. A exposição foi inaugurada em dezembro de 2019, por ocasião da cerimônia de premiação do Prêmio Jacuba, realizada pela Secretaria de Cultura em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, que escolheu o estabelecimento gastronômico da cidade que fez o melhor prato criado com mel, cachaça e farinha de mandioca, os três ingredientes da receita do pirão jacuba. De acordo com pesquisa feita pela Secretaria de Cultura, Hortolândia era ponto de pouso e parada de tropeiros no século 19. Nestas ocasiões, eles consumiam a jacuba. O prêmio foi uma ação que integrou o lançamento da 2ª edição do roteiro gastronômico “Sabores de Hortolândia”, promovido em 2019 pela Prefeitura, que contou com 110 estabelecimentos gastronômicos da cidade inscritos. 

A exposição mostra o aspecto histórico-cultural da alimentação. Também são abordados temas como gastronomia e saúde. A exposição tem vídeos relacionados com o tema e uma mesa com potes contendo temperos e especiarias. Outro atrativo da exposição é um cantinho de leitura em homenagem à poetisa goiana Cora Coralina (1889-1985), que também se notabilizou por ser uma doceira talentosa. Em vários de seus poemas e contos, Coralina fez referência a alimentos.

Além de se deliciar com a exposição, o visitante poderá conhecer um pouco a história da antiga Estação Jacuba e do município ao conferir objetos, fotos e materiais antigos que integram o acervo do Centro de Memória. O espaço ocupa o prédio da antiga Estação Ferroviária Jacuba, que foi restaurado pela Prefeitura e inaugurado em 2014. 

Neste mês, a Prefeitura concluiu uma importante melhoria para o centro: a implantação de um novo sistema de iluminação com LED. De acordo com a Secretaria de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica, foram instalados 16 postes de iluminação, sendo nove postes de quatro metros de altura e outros sete com 12 metros. Os diferentes tamanhos contribuem para a total iluminação da área. Além do espaço, outros órgãos, unidades e áreas públicas do município também recebem o novo sistema de iluminação. A ação é realizada por meio de uma PPP (Parceria Público-Privada).

A população pode fazer a solicitação e o acompanhamento de serviços relacionados à iluminação pública por meio deste SITE. No site, os moradores podem solicitar serviços como, por exemplo, a troca de lâmpadas queimadas nos postes de ruas, avenidas, praças, parques e espaços públicos. O portal disponibiliza, ainda, informações à população sobre o projeto de modernização em andamento, ação que contempla a troca das lâmpadas antigas por luminárias de LED, nas ruas de toda a cidade, além de trazer o cronograma deste serviço, detalhes de projetos e as metas e objetivos da ação. Quem acessar o site, já encontra informações em tempo real de pontos modernizados na cidade e da economia que a ação já rendeu ao município.

UNIDADES CULTURAIS

A Prefeitura também retoma, a partir desta segunda-feira (26/07), o atendimento ao público nos órgão culturais do município, que são os seguintes: Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte, Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia (CEMMH), Escola de Artes Augusto Boal e Unidade Cultural Arlindo Zadi, onde está a Secretaria de Cultura. O atendimento nos órgãos é feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. De acordo com a Secretaria de Cultura, permanecem suspensas nesses órgãos a realização de eventos e atividades tais como aulas, oficinas e cursos. A suspensão é para evitar a disseminação do Coronavírus. A Prefeitura ainda salienta que os órgãos municipais mantém os protocolos sanitários que incluem o uso obrigatório de máscara dentro das dependências por parte dos funcionários e da população, distanciamento e disponibilização de álcool em gel para higienização. Confira abaixo os endereços e os telefones das unidades culturais do município: 

– Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte:

Rua Luiz Camilo de Camargo, 581, região central, piso inferior do Open Shopping

Telefone: (19) 3887-1687

– Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia (CEMMH):

Rua Vicente Palhão, s/nº, Jardim Santa Cândida

Telefone: (19) 3909-1843

– Escola de Artes “Augusto Boal”:

Rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda

Telefones: (19) 3819-0518 e (19) 3819-0549 

– Unidade Cultural Arlindo Zadi/Secretaria de Cultura:

Rua Graciliano Ramos, 280, Jardim Amanda

Telefone: 3965-1400 ramal 7502