Menina recém-nascida é a pessoa mais jovem cadastrada pela Biblioteca Municipal de Hortolândia

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Menina recém-nascida é a pessoa mais jovem cadastrada pela Biblioteca Municipal de Hortolândia

A pequena Esther, de apenas três meses de idade, foi cadastrada por sua mãe, Michele 

Muita gente adquire o hábito da leitura na infância. No caso da pequenina Esther, de apenas três meses de idade, ela foi apresentada aos livros desde quando estava na barriga de sua mãe. A menina é a mais jovem usuária cadastrada pela Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte, órgão da Prefeitura de Hortolândia. Na sexta-feira (14/01), Michele Lopes Ferreira, mãe de Esther, levou a recém-nascida, e seus outros dois filhos, Emanuelle, de sete anos, e Gustavo, de três, para fazer a carteirinha deles na biblioteca. 

Moradora do Jardim Novo Cambuí, Michele conta que durante a gravidez costumava ler livros para os filhos. Também leitora cadastrada da bilioteca, a mãe destaca que o momento da leitura com os filhos é uma atividade que ajuda a fortalecer os laços entre a família. “Quando estou com a Esther no colo, percebo que ela fica com as perninhas agitadas e sorri. Acho que é pela entonação da minha voz quando estou lendo”, destaca Michele. 

Com a ajuda da mãe, os filhos já estrearam as carteirinhas e levaram várias obras infantis para lerem juntos em casa. Para a pequenina Esther, Michele gosta de ler os chamados livros sensoriais, com muitas figuras e desenhos, que são indicados para auxiliar no desenvolvimento cognitivo, motor e sensorial do bebê. “Acho importante ler em voz alta para os filhos. A leitura estimula a imaginação e as brincadeiras entre eles”, avalia a mãe. 

Após escolherem os livros, Michele e os filhos aproveitaram para desfrutar da Sala Infantil, espaço da biblioteca que tem brinquedoteca, com carrinhos, bonecas, jogos didáticos e bichinhos de pelúcia. Para estimular a prática de contação de histórias, a sala tem uma estante com cerca de 1.500 obras infantis. Outra opção de atividade divertida para estimular a interação entre as famílias e as crianças é o teatrinho de fantoches que também está disponível no espaço. “Meu filho disse que queria morar na biblioteca”, conta Michele.

CADASTRO

Para famílias que querem estimular o hábito da leitura de suas crianças já nos primeiros meses de vida, o coordenador da biblioteca, Rafael Antonio da Silva, destaca que o acervo dispõe de 60 livros sensoriais. O acervo da biblioteca pode ser consultado na internet por meio deste site (CLIQUE AQUI)

Atualmente, a biblioteca tem mais de 5.500 leitores cadastrados. “Desse total, 33% dos usuários estão na faixa de 0 a 20 anos. O público jovem utiliza muito o serviço BiblioZap, via WhatsApp, e realiza busca pela biblioteca nas mídias sociais”, destaca Silva. 

Para facilitar a vida de quem quer se cadastrar como usuário, a Biblioteca Municipal implantou o COB (Cadastro On-line Biblioteca), em outubro do ano passado. O interessado precisa ter uma conta no Gmail, entrar nela e acessar o formulário da biblioteca, por meio deste LINK, e postar os documentos solicitados para a inscrição. Os documentos são foto (selfie), Carteira de Identidade (RG) e comprovante de endereço. Os arquivos podem estar no formato de foto (jpeg) ou de documento (PDF). 

Após a validação, será agendado horário para que o cadastro seja finalizado presencialmente na biblioteca. O horário sugerido pelo solicitante pode ser aceito, de acordo com a disponibilidade da equipe. O cadastro on-line visa evitar aglomeração na biblioteca em virtude da pandemia.

Para quem preferir fazer o cadastro presencialmente na biblioteca, deve levar cópias dos documentos necessários. Menores de idade devem levar a cópia da Carteira de Identidade do pai, mãe ou responsável, e autorização assinada pelo pai, mãe ou responsável. Pessoas que não moram na cidade também podem fazer o cadastro. Para isso, elas devem comprovar ter algum vínculo com a cidade (trabalho ou estudo). 

O usuário é cadastrado na categoria “Leitor”, que possibilita o empréstimo de até três livros. O prazo de empréstimo é de 14 dias, podendo ser renovado por mais 14 dias. Já os usuários da categoria Leitor Vip podem pegar até 6 livros emprestados pelo prazo de 21 dias, podendo renovar por mais 21 dias. 

De acordo com o coordenador Rafael Antonio da Silva, para se tornar um leitor VIP os critérios são os seguintes: ser usuário cadastrado da biblioteca há, no mínimo, seis meses, respeitar as normas de conduta e os prazos da biblioteca, ter emprestado 15 livros no período de 12 meses, não ter extraviado nenhum material bibliográfico, não ter danificado (molhar, rasgar, rasurar e/ou amassar), mesmo que parcialmente, nenhum material bibliográfico da biblioteca no período de 12 meses.

A Biblioteca municipal está localizada na rua Luiz Camilo de Camargo, 581, região central, no piso inferior do Open Shopping. O espaço funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. Para mais informações, os usuários e o público podem entrar em contato com a biblioteca pelo telefone (19) 3887-1684, pelo BiblioZap, serviço de atendimento via WhatsApp no número (19) 98970-7332 ou pelo e-mail bibliotecacentral.smc@hortolandia.sp.gov.br.


Centro de Memória é opção de lazer cultural em Hortolândia

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Centro de Memória é opção de lazer cultural em Hortolândia

Espaço está com nova exposição em homenagem a Mestre Chiquinho, um dos moradores mais ilustres do município 

Que tal aproveitar as férias para fazer um passeio cultural em Hortolândia? Uma boa dica de lazer é o Centro de Memória Professor Leovigildo Duarte Junior, órgão da Prefeitura. O espaço está com a nova exposição “Chiquinho: trajetória e legado do mestre do mundo”, em homenagem a um dos moradores mais ilustres da cidade que tem atuado para preservar manifestações da cultura popular. O centro está localizado na rua Rosa Maestrello, 2, Vila São Francisco, e fica aberto de terça a sexta-feira, das 9h às 16h. No último fim de semana de cada mês, o centro também abre para visitação. Em razão da pandemia do Coronavírus, a entrada do público é controlada para evitar aglomeração. A Prefeitura ainda reforça que é obrigatório o uso de máscara dentro das dependências do centro e os visitantes devem manter distanciamento. O centro disponibiliza na entrada álcool em gel para higienização das mãos. 

Mestre Chiquinho, cujo nome verdadeiro é Francisco Aparecido Borges de Almeida, nasceu em Arealva, na região de Jaú e Bauru. Morador de Hortolândia desde 1976, ele ajudou a criar a Companhia de Santos Reis “Rosa dos Anjos”, nos anos 1980, que mantém viva a tradição da Folia de Reis na cidade. É também um dos criadores do grupo Pioneiros do Catira, em 2006, que faz apresentações de catira, estilo de dança popular cujo ritmo é conduzido pelas batidas dos pés e das mãos dos dançarinos. Ele ainda é um dos idealizadores da Orquestra de Viola de Hortolândia, criada em 2009, e que inicialmente chamava-se Orquestra de Viola Comitiva da Esperança. Mais recentemente, Mestre Chiquinho criou o grupo Rainhas do Catira, formado por mulheres. Desde 2006, Mestre Chiquinho é parceiro da Prefeitura, responsável por coordenar e ministrar aulas de violão e viola caipira, oferecidas pela Administração Municipal.

A exposição, inaugurada em dezembro do ano passado, reúne cerca de 100 objetos, dentre fotos, vestimentas, fantasias e outros itens, que fazem parte dos acervos pessoal de Mestre Chiquinho e do próprio centro. Um dos itens de destaque é uma foto antiga do avô de Mestre Chiquinho. “Essa imagem do meu avô tem mais de 100 anos. É a foto mais antiga da exposição”, conta o homenageado. 

O visitante ainda poderá conferir na exposição o documentário “Ao Mestre Chiquinho Com Carinho”. Com 30 minutos de duração, o documentário conta a vida de Mestre Chiquinho. O roteiro começa com sua origem em Arealva. Depois, mostra sua chegada a Hortolândia. A partir daí, o documentário foca o trabalho de Mestre Chiquinho para manter vivas as tradições da cultura caipira na cidade. 

Para refazer a trajetória de Mestre Chiquinho, o documentário conta com entrevistas e depoimentos de 15 pessoas, dentre amigos, parentes, familiares e integrantes dos grupos coordenados por ele. O documentário apresenta mais de 20 fotos do acervo pessoal de Mestre Chiquinho e do Centro de Memória. O documentário foi realizado pela Secretaria de Cultura em parceria com a produtora Rumo Audiovisual. O município foi selecionado pelo programa “Juntos Pela Cultura”, iniciativa da associação Amigos da Arte em parceria com o governo do Estado, para produzir o documentário. A direção é de Diego Freitas e Julia Rany Campos Uzun. O documentário também está disponível no canal do YouTube da Secretaria de Cultura (CLIQUE AQUI).

Além da trajetória de Mestre Chiquinho, o visitante poderá também conhecer um pouco a história da antiga Estação Jacuba e do município ao conferir objetos, fotos e materiais antigos que integram o acervo do Centro de Memória. O espaço ocupa o prédio da antiga Estação Ferroviária Jacuba, que foi restaurado pela Prefeitura e inaugurado em 2014.

Hortolândia terá programação on-line de oficinas e palestras artísticas

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Hortolândia terá programação on-line de oficinas e palestras artísticas

Atividades estão com inscrições abertas para o público com idade a partir de 16 anos 

Que tal aproveitar o período de férias para aprender novos conhecimentos e habilidades artísticas? Você pode fazer isso sem precisar sair de casa com o programa “Oficinas Culturais – Formação Para O Interior”, iniciativa do governo do Estado e Poiesis – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura, em parceria com a Prefeitura de Hortolândia. 

O programa realizará uma programação de oficinas e palestras on-line, que já estão com inscrições abertas. Podem se inscrever pessoas com idade a partir de 16 anos. As atividades serão on-line, por meio da plataforma Zoom, em fevereiro e março. 

O objetivo do programa é aproximar pessoas de diferentes camadas sociais, faixas etárias e com diferentes repertórios, e promover um espaço simbólico de trocas de conhecimentos e experiências artísticas. 

Confira abaixo as atividades que serão promovidas pelo programa, com os links para inscrição, quantidade de vagas, as datas e os horários. 

Palestra “Um passeio pela história da animação”

A atividade traçará um painel histórico da animação ao mostrar suas raízes com o cinema. Serão abordados os primeiros experimentos realizados para transformar a imagem em movimento por meio do uso de ilustrações criadas à mão. Seja qual for a modalidade ou tecnologia empregada, arte rupestre, brincadeiras de luz e sombra ou óculos de realidade virtual, a animação surge a partir do desejo de contar histórias por meio do movimento. A palestra será ministrada pela educadora, produtora cultural e motion designer, Shirley Alencar. A profissional lecionou por mais de cinco anos na rede pública de ensino e atuou como produtora cultural junto à companhia de teatro Quizumba!. Atualmente, dedica-se à produção de  peças animadas como freelancer.

Link para inscrição: CLIQUE AQUI  

Vagas: 60

Data: 04/02

Horário: 14h às 16h

Oficina “Introdução ao Jogo” (foto)

A oficina propõe explorar alguns dos elementos fundamentais para estudo e trabalho no teatro, sensibilização, consciência do corpo e do espaço e apresentar vocabulários básicos, dentre os quais escuta, atenção, disponibilidade, energia e observação. 

A partir de exercícios de concentração, improvisação, expressão corporal, vocal e leitura de textos, os alunos terão a oportunidade de desenvolver a percepção de si mesmos, do outro e do coletivo. A atividade é voltada para estudantes de teatro em fase inicial e pessoas interessadas no tema. A seleção dos participantes será feita mediante análise de ficha de inscrição. A oficina será ministrada pela atriz Simone Ordones. Desde 1994, é integrante do Grupo Galpão (MG), no qual atuou como atriz e diretora em 12 espetáculos, dentre os quais “O Firme Soldadinho de Chumbo” e “Sonhos de Uma Noite com o Galpão”.

Prazo de inscrição: até 27/01

Link para inscrição: CLIQUE AQUI

Vagas: 25

Data: 08 e 10/02

Horário: 14h às 16h

Oficina “Freud é muito Black Mirror”

A oficina analisará alguns episódios da série de TV britânica de ficção científica “Black Mirror” e traçará paralelos com teorias do psicanalista Sigmund Freud. Em alguns episódios, a série faz diversas referências a conceitos elaborados pelo Pai da Psicanálise. Os episódios que serão analisados são os seguintes: “The National Anthem”, “The Entire History of You”, “Be Right Back”, “White Christmas”, “Nosedive”, “San Junipero”, “Hated In The Nation”, “USS Callister”, “Arkangel”, “Hang the DJ” e “Striking Vipers”.

A oficina será ministrada pelo produtor, crítico e roteirista audiovisual, Thiago Neres, e pelo pesquisador Fábio Moreira Vargas. Neres atuou como crítico de cinema e foi co-roteirista do curta metragem “Garoa” (2016), selecionado para a mostra digital do prestigiado Festival de Cannes, na França. Vargas é graduado em Filosofia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. De 2016 a 2017, desenvolveu pesquisa de iniciação científica sobre a relação entre psicanálise e filosofia. Atualmente é mestrando em psicologia no Instituto de Psicologia da USP. 

Link para inscrição: CLIQUE AQUI 

Vagas: 60

Data: 10/02

Horário: 18h às 21h

Oficina “A Energia da Palavra”

Voltada para pessoas que atuam em teatro (atores, dramaturgos, músicos, pesquisadores e estudantes), a oficina focalizará o estudo do texto e a emissão da palavra por meio de estímulos vocais e corporais e leituras. O objetivo é propor aos participantes uma investigação sobre o entendimento daquilo que conecta o trabalho em sala ao momento da cena no palco. 

A oficina também visará desenvolver princípios como o jogo e a polifonia, de maneira que o participante possa desenvolver sua atenção, escuta, disponibilidade e concentração. A seleção dos participantes será feita mediante análise de ficha de inscrição. A oficina será ministrada pela atriz e bailarina, Lydia Del Picchia. AO longo de sua carreira, atuou nos grupos de dança Trans-Forma, Cia. de Dança do Palácio das Artes e Grupo 1º Ato. Desde 1994, integra a companhia teatral Grupo Galpão (MG).

Prazo de inscrição: até 27/01

Link para inscrição: CLIQUE AQUI   

Vagas: 30

Data: 15 e 17/02

Horário: 14h às 16h

“Encontros Líricos com o ‘Barbeiro de Sevilha’, de Gioachino Rossini”:

Voltada para o público interessado em se iniciar no universo da ópera, a palestra analisará aspectos da famosa ópera “O Barbeiro de Sevilha”, escrita pelo compositor italiano Gioachino Rossini.   

A palestra também exibirá trechos de versões da ópera já encenadas para que os participantes tenham melhor entendimento e percebam as diferentes possibilidades de produção e encenação que a obra proporciona. A palestra será ministrada pelo professor e pesquisador de música lírica, Sergio Casoy. Ele é autor dos livros “A Invenção da Ópera” “Ópera e Outros Cantares”.

Link para inscrição: CLIQUE AQUI 

Vagas: 50

Data: 16 e 17/02

Horário: 18h30 às 20h30

Oficina “Grupo Galpão: Uma história de teatro”

A oficina fará um painel histórico do teatro. Serão abordados os diferentes gêneros e estilos, como a tragédia grega, os autos medievais, a commédia dell’arte, o teatro popular e o barroco, o teatro elizabetano, a comédia clássica, o teatro realista de Anton Tchekhov, o teatro épico de Bertold Brecht e a cena contemporânea de teatro. A oficina é para atores, pesquisadores e estudantes de teatro e artes.

Além disso, a oficina apresentará um histórico do Grupo Galpão (MG), uma das principais companhias teatrais do país que neste ano completa 40 anos de existência. A oficina mostrará alguns trabalhos que o grupo realizou com encenadores brasileiros e estrangeiros e os relacionará com o conteúdo abordado. A oficina será ministrada pelo ator, diretor e dramaturgo Eduardo Moreira, fundador do Grupo Galpão.

Link para inscrição: CLIQUE AQUI 

Vagas: 60

Data: 22 e 24/02

Horário: 18h às 20h

Oficina “Uma breve experiência de grupo”

A oficina buscará investigar questões do fazer teatral na atualidade, por meio de práticas e trocas de experiências entre os participantes. A partir das questões propostas, a oficina também exercitará coletivamente a capacidade de jogo e a interação no trabalho com a criação virtual. A palestra será ministrada pelo ator e diretor Júlio Maciel, integrante desde 1990 do Grupo Galpão (MG).

Prazo de inscrição: até 27/01

Link para inscrição: CLIQUE AQUI 

Vagas: 30

Data: 08 e 10/03

Horário: 18h às 20h

Filme “A Invenção de Hugo Cabret” abre programação deste mês do projeto Pontos MIS

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Filme “A Invenção de Hugo Cabret” abre programação deste mês do projeto Pontos MIS

Longa-metragem será exibido, nesta quarta-feira (12/01), às 19h, na Escola de Artes, no Jardim Amanda 

Quer aproveitar as férias escolares para curtir um momento de lazer com as crianças? Uma boa dica é conferir o projeto Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som), realizado pelo governo estadual em parceria com a Prefeitura de Hortolândia. O projeto retoma as atividades neste mês com uma mostra de filmes metalinguísticos. A programação começa nesta quarta-feira (12/01) com a exibição do longa-metragem “A Invenção de Hugo Cabret”. A sessão será, às 19h, na Escola de Artes Augusto Boal, órgão da Secretaria de Cultura, localizada na rua Casemiro de Abreu s/nº, Jardim Amanda.  

Para assistir à sessão, basta chegar ao local com ao menos 10 minutos de antecedência. Em virtude da pandemia do Coronavírus, o projeto continua a seguir os protocolos sanitários que incluem o uso obrigatório de máscara durante a sessão, distanciamento e disponibilização de álcool em gel na entrada para o público. Estão disponíveis 50 lugares.

Em termos gerais, metalinguagem é a linguagem que fala sobre a própria linguagem. A metalinguagem é muito utilizada nas artes. No cinema, um filme é considerado metalinguístico ao abordar o fazer cinematográfico.

O filme “A Invenção de Hugo Cabret” é uma super produção dirigida pelo aclamado cineasta norte-americano Martin Scorsese, responsável por obras primas como “Taxi Driver – Motorista de Táxi” e “Touro Indomável”. A produção é inspirada no livro de mesmo título, do escritor e ilustrador norte-americano Brian Selznick. 

Ambientada em Paris, na década de 1930, a história é protagonizada pelo personagem Hugo Cabret, um menino órfão que vive escondido na estação central de trem da cidade. O garoto mantém em funcionamento os grandes relógios do local. Além disso, ele rouba brinquedos e utiliza as peças para consertar um robô, criado por seu falecido pai. Hugo quer utilizar o robô para decifrar uma mensagem misteriosa que teria sido escrita pelo pai. Mas o plano está em risco quando o garoto é descoberto pelo dono da loja de brinquedos da estação, Georges, e pela sobrinha dele, Isabelle. Por meio do dono da loja de brinquedos, a história homenageia o ilusionista francês Georges Méliès (1861-1938), considerado um dos inventores do cinema. 

O filme é estrelado por Asa Butterfiled (no papel de Hugo Cabret), Chloë Grace Motez (Isabelle) e Ben Kingsley (Georges). “A Invenção de Hugo Cabret” foi premiado com 5 Oscars e um Globo de Ouro, na categoria de Melhor Diretor, em 2012.

Série “Diário de Um Banana” domina ranking dos livros mais emprestados pela Biblioteca Municipal de Hortolândia, em 2021

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Série “Diário de Um Banana” domina ranking dos livros mais emprestados pela Biblioteca Municipal de Hortolândia, em 2021

A série infantojuvenil aparece com oito títulos no ranking

A consagrada série infantojuvenil “Diário de Um Banana” está no topo da preferência dos usuários da Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte, órgão da Prefeitura de Hortolândia. A série domina o ranking dos 20 livros mais emprestados pela biblioteca, em 2021. A série aparece na lista com oito títulos. Na 1ª posição ficou “As Memórias de Greg Heffley”, o primeiro volume da série.

Outros best sellers infantojuvenis também estão entre os preferidos dos leitores da biblioteca. A série protagonizada pelo jovem bruxo Harry Potter aparece no ranking com dois títulos, “Harry Potter e A Câmara Secreta” e “Harry Potter e O Cálice de Fogo”.

A cultura popular também atrai o interesse dos usuários da biblioteca. Um exemplo é a obra “Festa no Céu – Um Conto do Nosso Folclore”, de Angela Lago, que aborda a questão do respeito às diferenças a partir de uma conhecida fábula do folclore brasileiro. 

Por falar em fábulas, outra obra que aparece no ranking é a compilação “Fábulas de Esopo”, que reúne contos conhecidos cuja autoria é atribuída a Esopo, autor da Grécia Antiga. Esopo é considerado o inventor da fábula como gênero literário. Dentre suas fábulas mais famosas estão a da lebre e o coelho e a do garoto pastor que vivia dando alarme falso de perigo para as pessoas.

“Apesar das obras infantojuvenis dominarem o ranking, os leitores da biblioteca buscam cada vez mais outros tipos de literaturas, como obras 

técnicas, teóricas e de autoajuda. Eles estão usando cada vez mais os serviços on-line, como, por exemplo, o BiblioZap (serviço de atendimento via WhatsApp). Isso se reflete diretamente na quantidade de empréstimos mensais da biblioteca”, destaca o coordenador da biblioteca, Rafael Antonio da Silva.

CADASTRO

Para facilitar a vida de quem quer se cadastrar como usuário, a Biblioteca Municipal implantou o COB (Cadastro On-line Biblioteca), em outubro do ano passado. O interessado precisa ter uma conta no Gmail, entrar nela e acessar o formulário da biblioteca, por meio deste LINK, e postar os documentos solicitados para a inscrição. Os documentos são foto (selfie), Carteira de Identidade (RG) e comprovante de endereço. Os arquivos podem estar no formato de foto (jpeg) ou de documento (PDF).

Após a validação, será agendado horário para que o cadastro seja finalizado presencialmente na biblioteca. O horário sugerido pelo solicitante pode ser aceito, de acordo com a disponibilidade da equipe. O cadastro on-line visa evitar aglomeração na biblioteca em virtude da pandemia.

Para quem preferir fazer o cadastro presencialmente na biblioteca, deve levar cópias dos documentos necessários. Menores de idade devem levar a cópia da Carteira de Identidade do pai, mãe ou responsável, e autorização assinada pelo pai, mãe ou responsável. Pessoas que não moram na cidade também podem fazer o cadastro. Para isso, elas devem comprovar ter algum vínculo com a cidade (trabalho ou estudo). 

O usuário é cadastrado na categoria “Leitor”, que possibilita o empréstimo de até três livros. O prazo de empréstimo é de 14 dias, podendo ser renovado por mais 14 dias. Já os usuários da categoria Leitor Vip podem pegar até 6 livros emprestados pelo prazo de 21 dias, podendo renovar por mais 21 dias. 

De acordo com o coordenador Rafael Antonio da Silva, para se tornar um leitor VIP os critérios são os seguintes: ser usuário cadastrado da biblioteca há, no mínimo, seis meses, respeitar as normas de conduta e os prazos da biblioteca, ter emprestado 15 livros no período de 12 meses, não ter extraviado nenhum material bibliográfico, não ter danificado (molhar, rasgar, rasurar e/ou amassar), mesmo que parcialmente, nenhum material bibliográfico da biblioteca no período de 12 meses. Atualmente, a biblioteca tem mais de 5.500 leitores cadastrados. O acervo da biblioteca pode ser consultado na internet por meio deste site (CLIQUE AQUI)

Para mais informações, os usuários e o público podem entrar em contato com a biblioteca pelo telefone (19) 3887-1684, pelo BiblioZap, serviço de atendimento via WhatsApp no número (19) 98970-7332 ou pelo e-mail bibliotecacentral.smc@hortolandia.sp.gov.br.

Confira abaixo o ranking dos livros mais emprestados em 2021 pela Biblioteca Municipal:

Ranking dos 20 livros mais emprestados na Biblioteca Municipal em 2021
TítuloAutor
Diário de Um Banana – As Memórias de Greg HeffleyJeff Kinney
Diário de Um Banana – Caindo Na EstradaJeff Kinney
Diário de Um Banana – A Gota D’ÁguaJeff Kinney
Diário de Um Banana – Dias de CãoJeff Kinney
Harry Potter e A Câmara SecretaJ.K. Rowling
Diário de Um Banana – Casa dos HorroresJeff Kinney
Fábulas de EsopoRussel Ash e Bernard Higton
Diário de Um Banana – Maré de AzarJeff Kinney
Gladiador – Luta Pela LiberdadeSimon Scarrow
Diário de Um Banana – Bons TemposJeff Kinney
A Festa no Céu – Um Conto do Nosso FolcloreAngela Lago
A Televisão da BicharadaSidonio Muralha
Corte de Espinhos e RosasSarah J. Maas
Fundamentos da Química – Volume ÚnicoRicardo Feltre
Os Segredos de Colin BridgertonJulia Quinn
Harry Potter e O Cálice de FogoJ.K. Rowling
Fazendo Meu Filme 1 – A Estreia de FaniPaula Pimenta
DelírioLauren Oliver
Diário de Um Banana – Rodrick É O CaraJeff Kinney
Desventuras de Um Garoto Nada Comum – O Herói do ArmárioRachel Renée Russell

Biblioteca Municipal de Hortolândia é opção de lazer cultural no período de férias escolares

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Biblioteca Municipal de Hortolândia é opção de lazer cultural no período de férias escolares

Órgão da Prefeitura de Hortolândia conta com espaços como Sala Infantil, equipada com brinquedoteca, e lan house

Durante o período de férias escolares, o desafio para as famílias é ocupar o tempo livre de crianças e adolescentes. Uma boa opção de lazer cultural em Hortolândia é a Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte, órgão da Prefeitura, localizado na rua Luiz Camilo de Camargo, 581, região central, no piso inferior do Open Shopping. O espaço funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. Vale lembrar que é obrigatório o uso de máscara dentro das dependências da biblioteca. O espaço ainda oferece álcool em gel para higienização.

Além do acervo de cerca de 16.000 títulos de gêneros literários variados, a biblioteca tem atrativos para públicos de diferentes faixas etárias. Para os pequenos, a biblioteca tem a “Sala Infantil”, equipada com brinquedoteca, que dispõe de carrinhos, bonecas, jogos didáticos e bichinhos de pelúcia. Para estimular a prática de contação de histórias, a sala tem uma estante com cerca de 1.500 obras infantis. Outra opção de atividade divertida para estimular a interação entre as famílias e suas crianças é o teatrinho de fantoches que também está disponível no espaço. “Solicitamos para que pais, mães ou responsáveis fiquem junto com suas crianças durante o tempo em que estiverem na Sala Infantil”, salienta o coordenador da biblioteca, Rafael Antonio da Silva. 

Já para crianças mais crescidas e adolescentes, a biblioteca conta com lan house. O espaço é equipado com seis computadores que oferecem acesso gratuito à internet. Para possibilitar que todos utilizem o serviço, o tempo máximo de uso é de uma hora por pessoa. O coordenador ressalta ainda que é proibido o uso dos computadores para acessar sites com conteúdo adulto. 

O período de férias é também o momento ideal para colocar as leituras em dia ou adquirir novos conhecimentos. Para quem gosta de ler um bom livro em um ambiente calmo e silencioso, a biblioteca oferece uma confortável sala de leitura (foto), com sofás e banquetas. Já para quem ficou de recuperação na escola, se prepara para fazer testes ou provas, ou simplesmemente gosta de aprender coisas novas, a biblioteca conta com uma sala de estudo. 

CADASTRO

Para facilitar a vida de quem quer se cadastrar como usuário, a Biblioteca Municipal implantou o COB (Cadastro On-line Biblioteca), em outubro do ano passado. O interessado precisa ter uma conta no Gmail, entrar nela e acessar o formulário da biblioteca, por meio deste LINK, e postar os documentos solicitados para a inscrição. Os documentos são foto (selfie), Carteira de Identidade (RG) e comprovante de endereço. Os arquivos podem estar no formato de foto (jpeg) ou de documento (PDF). 

Após a validação, será agendado horário para que o cadastro seja finalizado presencialmente na biblioteca. O horário sugerido pelo solicitante pode ser aceito, de acordo com a disponibilidade da equipe. O cadastro on-line visa evitar aglomeração na biblioteca em virtude da pandemia.

Para quem preferir fazer o cadastro presencialmente na biblioteca, deve levar cópias dos documentos necessários. Menores de idade devem levar a cópia da Carteira de Identidade do pai, mãe ou responsável, e autorização assinada pelo pai, mãe ou responsável. Pessoas que não moram na cidade também podem fazer o cadastro. Para isso, elas devem comprovar ter algum vínculo com a cidade (trabalho ou estudo). 

O usuário é cadastrado na categoria “Leitor”, que possibilita o empréstimo de até três livros. O prazo de empréstimo é de 14 dias, podendo ser renovado por mais 14 dias. Já os usuários da categoria Leitor Vip podem pegar até 6 livros emprestados pelo prazo de 21 dias, podendo renovar por mais 21 dias. 

De acordo com o coordenador Rafael Antonio da Silva, para se tornar um leitor VIP os critérios são os seguintes: ser usuário cadastrado da biblioteca há, no mínimo, seis meses, respeitar as normas de conduta e os prazos da biblioteca, ter emprestado 15 livros no período de 12 meses, não ter extraviado nenhum material bibliográfico, não ter danificado (molhar, rasgar, rasurar e/ou amassar), mesmo que parcialmente, nenhum material bibliográfico da biblioteca no período de 12 meses. Atualmente, a biblioteca tem mais de 5.500 leitores cadastrados. O acervo da biblioteca pode ser consultado na internet por meio deste site (CLIQUE AQUI)

Para mais informações, os usuários e o público podem entrar em contato com a biblioteca pelo telefone (19) 3887-1684, pelo BiblioZap, serviço de atendimento via WhatsApp no número (19) 98970-7332 ou pelo e-mail bibliotecacentral.smc@hortolandia.sp.gov.br.

1º volume da série infantojuvenil “Diário de Um Banana” é a obra mais lida pelos usuários da Biblioteca Municipal de Hortolândia, em dezembro

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

1º volume da série infantojuvenil “Diário de Um Banana” é a obra mais lida pelos usuários da Biblioteca Municipal de Hortolândia, em dezembro

“Diário de Um Banana – As Memórias de Greg Heffley” foi o livro mais emprestado em dezembro de 2021 

As agruras que um menino enfrenta durante a adolescência. Este é o mote do livro “Diário de Um Banana – As Memórias de Greg Heffley” (foto). Publicado em 2007, o título é o primeiro volume da consagrada série infantojuvenil “Diário de Um Banana”, escrita pelo cartunista americano Jeff Kinney. O livro ficou em 1º lugar no ranking dos livros mais lidos em dezembro do ano passado pelos usuários da Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte, órgão da Prefeitura de Hortolândia.

Em virtude de dezembro marcar o início do período de férias escolares, o coordenador da biblioteca, Rafael Antonio da Silva, destaca que o ranking é dominado por obras do segmento infantojuvenil. “Predominam os livros no estilo ‘Diários de Um Banana’ que agradam crianças e pré-adolescentes por ser de leitura dinâmica e prazerosa. Os livros desse estilo são uma ótima opção principalmente no período de férias”, salienta Silva. Além de “As Memórias de Greg Heffley”, a série “Diário de Um Banana” aparece no ranking com outros dois títulos, “Caindo Na Estrada” e “Maré de Azar”.

O coordenador ainda destaca que a nova organização por temas do acervo da biblioteca tem ajudado a colocar em evidência outros livros conhecidos para os usuários. Prova disso é que no ranking de dezembro aparecem as obras “O Iluminado”, do romancista americano Stephen King, e “O Senhor dos Anéis – A Sociedade do Anel”, do autor sul-africano J.R.R. Tolkien. Os dois livros já foram adaptados para o cinema. 

O ranking também traz obras de não ficção de temas e gêneros variados bastante procuradas pelos leitores, com destaque para “Eu Sou Malala – Como Uma Garota Defendeu O Direito À Educação e Mudou O Mundo”, autobiografia da ativista paquistanesa Malala Yousafzai, pessoa mais jovem a receber o prêmio Nobel da Paz, em 2014, “Tudo Vale A Pena”, obra espírita de Zíbia Gasparetto, e “Pai Rico Pai Pobre Para Jovens – O Que A Escola Não Ensina Sobre Dinheiro”, de Robert T. Kiyosaki, obra sobre educação financeira.

CADASTRO

Para facilitar a vida de pessoas que queiram se cadastrar, a Biblioteca Municipal implantou, no mês passado, o COB (Cadastro On-line Biblioteca). O interessado em se tornar usuário da biblioteca precisa ter uma conta no Gmail, entrar nela e acessar o formulário da Biblioteca, por meio deste LINK, e postar os documentos necessários à inscrição. Os documentos necessários são foto (selfie), Carteira de Identidade (RG) e comprovante de endereço. Os arquivos podem estar tanto no formato de foto (jpeg), quanto de documento (PDF). 

Depois da validação, será agendado horário para que o cadastro seja finalizado presencialmente na biblioteca. O horário sugerido pelo solicitante pode ser aceito, de acordo com a disponibilidade da equipe. O cadastro on-line visa evitar aglomeração na biblioteca em virtude da atual fase da pandemia.

Para quem preferir fazer o cadastro presencialmente na biblioteca, deve levar cópias dos documentos necessários. Menores de idade devem levar a cópia da Carteira de Identidade do pai, mãe ou responsável, e autorização assinada pelo pai, mãe ou responsável. Pessoas que não moram na cidade também podem fazer o cadastro. Para isso, elas devem comprovar ter algum vínculo com a cidade (trabalho ou estudo). Neste mês, a biblioteca implantou outra novidade para os usuários, a carteirinha digital. 

O usuário é cadastrado na categoria “Leitor”, que possibilita o empréstimo de até três livros. O prazo de empréstimo é de 14 dias, podendo ser renovado por mais 14 dias. Já os usuários da categoria Leitor Vip podem pegar até 6 livros emprestados pelo prazo de 21 dias, podendo renovar por mais 21 dias. 

De acordo com o coordenador Rafael Antonio da Silva, para se tornar um leitor VIP os critérios são os seguintes: ser usuário cadastrado da biblioteca há, no mínimo, seis meses, respeitar as normas de conduta e os prazos da biblioteca, ter emprestado 15 livros no período de 12 meses, não ter extraviado nenhum material bibliográfico, não ter danificado (molhar, rasgar, rasurar e/ou amassar), mesmo que parcialmente, nenhum material bibliográfico da biblioteca no período de 12 meses. Atualmente, a biblioteca tem 5.520 leitores cadastrados. O acervo pode ser consultado pela internet por meio deste site, neste LINK

A biblioteca fica na rua Luiz Camilo de Camargo, 581, região central, no piso inferior do Open Shopping. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Para mais informações, os usuários e o público podem entrar em contato com a biblioteca pelo telefone (19) 3887-1684, pelo BiblioZap, serviço de atendimento via WhatsApp no número (19) 98970-7332 ou pelo e-mail bibliotecacentral.smc@hortolandia.sp.gov.br. Em virtude da pandemia, o acesso e a permanência na biblioteca é feita com restrição para evitar aglomeração e com o uso obrigatório de máscara.

Confira abaixo o ranking dos 20 livros mais emprestados em dezembro pelos leitores da Biblioteca Municipal:

Ranking dos 20 livros mais emprestados na Biblioteca Municipalem dezembro
TítuloAutor
Diário de Um Banana – As Memórias de Greg HeffleyJeff Kinney
Diário de Um Banana – Caindo Na EstradaJeff Kinney
Querido Diário Otário, É Melhor Fingir Que Isso Nunca AconteceuJim Benton
Percy Jackson e Os Olimpianos – O Último Olimpiano – Volume 5  Rick Riordan
Fazendo Meu Filme 2 – Fani na Terra da RainhaPaula Pimenta
Tudo Vale A PenaZíbia Gasparetto (ditado por Lucius)
O IluminadoStephen King
Fazendo Meu Filme 3 – O Roteiro Inesperado de FaniPaula Pimenta
O Senhor dos Anéis – A Sociedade do AnelJ.R.R. Tolkien
Harry Potter E A Câmara SecretaJ.K. Rowling
Diário de Um Banana – Maré de AzarJeff Kinney
A Linguagem das Cores – Energia, Simbolismo, Vibrações e Ciclos das Estruturas ColoridasRenê-Lucien Rousseau
Inteligência Emocional – A Teoria Revolucionária Que Redefine O Que É Ser InteligenteDaniel Goleman
Ansiedade Como Enfrentar O Mal do SéculoAugusto Cury
Os Senhores do Mundo – De Tutmés III a Napoleão BonaparteHerminio C. Miranda
A  Bruxa SaloméAudrey Wood
Pai Rico Pai Pobre Para Jovens – O Que A Escola Não Ensina Sobre DinheiroRobert T. Kiyosaki
Eu Sou Malala – Como Uma Garota Defendeu O Direito À Educação e Mudou O MundoMalala Yousafzai
O Que Aconteceu Com AnnieC.J. Tudor
Percy Jackson E Os Deuses GregosRick Riordan

Prefeitura divulga os vencedores do concurso “Natal de Luzes”

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Prefeitura divulga os vencedores do concurso “Natal de Luzes”

O 1º colocado foi Alex Landim, morador do condomínio Golden Park 

As luzes do Natal continuam a brilhar em Hortolândia. Para estimular a população a embelezar a cidade neste fim de ano, a Prefeitura realizou o concurso “Natal de Luzes”. Foram premiados os três imóveis com a decoração mais bonita. O 1º colocado foi Alex Landim, morador do condomínio Golden Park (foto), cujo prêmio foi uma TV de 60 polegadas. Em 2º lugar ficou Adrevan Alonso Batista, morador do Parque Orestes Ôngaro, premiado com uma televisão de 50 polegadas. Wilma Benassi Pereira Carazzatto, moradora do Jardim Adelaide, ficou em 3º lugar, e foi premiada com uma TV de 40 polegadas. De acordo com a Secretaria de Cultura, o concurso contou com a participação de mais de 140 moradores da cidade.

A avaliação da decoração dos imóveis foi feita por uma comissão formada por servidores da Secretaria de Cultura, nos dias 21 e 22 deste mês. A decoração foi avaliada com base nos seguintes critérios: harmonia natalina, originalidade, criatividade, inovação e impacto visual da decoração. Ainda de acordo com a Secretaria de Cultura, os moradores deverão deixar a decoração exposta até o dia 6 de janeiro. 

Para participar do concurso, os moradores enviaram fotos e vídeos da decoração na área externa dos imóveis. O público pode conferir as imagens e os vídeos dos três vencedores no site Mapa da Cultura por meio deste LINK.

O secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno, ressalta que o concurso buscou resgatar o espírito natalino e fazer com que a cidade seja envolvida por esse clima para celebrar a vida e reafirmar valores universais como fraternidade, amor, respeito, cooperação e solidariedade. “O concurso ‘Natal de Luzes’ foi um sucesso.  Recebemos mais de 140 inscrições. Conhecemos tantas decorações natalinas, enchendo de luzes e cores a cidade. Os três ganhadores ficaram muito felizes e realizados pela oportunidade de participar e poder ganhar o concurso. O objetivo principal foi promover o envolvimento e a participação da comunidade, embelezando a área externa de casas, edifícios e condomínios por meio de enfeites e iluminação de natal”, salienta Bueno.

Prefeitura de Hortolândia transmitirá espetáculo “Canções de Um Natal Iluminado” pelo youtube na véspera de Natal

Da Redação Prefeitura de Hortolândia

Prefeitura de Hortolândia transmitirá espetáculo “Canções de Um Natal Iluminado” pelo youtube na véspera de Natal

Gravação da atração poderá ser assistida nesta sexta-feira (24/12), à partir das 20h,  pelo canal da Secretaria de Cultura

A Prefeitura de Hortolândia presenteia todas as famílias com o espetáculo “Canções de Um Natal Iluminado”. O público poderá assistir a gravação na noite da véspera de Natal (24/12), às 20h, pelo canal do YouTube da Secretaria de Cultura (youtube.com/secretariadeculturadehortolandia). A gravação do musical foi realizada na primeira quinzena deste mês no Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia (CEMMH). O espetáculo conta com o grupo Quinteto Cultura, formado por servidores da Secretaria de Cultura, que são Tim Mendes (guitarras e violões), Cariri Santos (pianos e teclados), Davi Salgado (contrabaixo) e Carlinhos (bateria e percussão). Além disso, participaram, como convidados, seis artistas da cidade, que são os seguintes: Daniel Sanchez, Karine Almeida, Kenia Almeida, Rafael Castrocha, Samuel Márcio e Tânia Kairo.

A apresentação terá repertório de sucessos da MPB e músicas religiosas. A gravação do espetáculo integra o projeto “Hortolândia Cidade das Artes”, escolhido para compor a programação do projeto “Circuito SP Online”, dentro do edital “Juntos Pela Cultura”, realizado pela organização social Amigos da Arte em parceria com o Governo do Estado de São Paulo.

Ficha técnica do musical “Canções de um Natal Iluminado”:

Direção geral: Tim Mendes e Cariri Santos

Produção musical: Tim Mendes e Cariri Santos

Produção vocal: Kenia Almeida

Produção da gravação: WSC Vídeos

Estão abertas as inscrições para curso de videomaker oferecido gratuitamente pela Prefeitura de Hortolândia

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Estão abertas as inscrições para curso de videomaker oferecido gratuitamente pela Prefeitura de Hortolândia

Prazo vai até o dia 3 de janeiro; podem se inscrever pessoas acima dos 16 anos de idade

Estão abertas até o dia 3 de janeiro as inscrições para o curso de videomaker promovido pela Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Cultura. Os interessados devem se matricular no link bit.ly/cursovideomakerhortolandia. São 40 vagas disponíveis. Podem se inscrever pessoas com idade acima de 16 anos. No formulário, os interessados devem anexar cópia da Carteira de Identidade, ou do pai, mãe ou responsável, no caso de ser menor de idade, cópia do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e cópia de comprovante de endereço. 

O curso, com 40 horas-aula, terá duas turmas, cada uma com 20 alunos. A turma 1 terá início no dia 3 de janeiro, com aulas no horário das 14h às 17h. Já a turma 2 começará no dia 4 de janeiro, com aulas das 19h às 22h. O curso será ministrado gratuitamente na Escola Técnica Crepaldi, localizada na rua Zacarias Costa Camargo, 310, Remanso Campineiro. Quem já se inscreveu, deve comparecer ao local do curso para validar a matrícula.

De acordo com a Secretaria de Cultura, os alunos aprenderão fundamentos de fotografia, composição, iluminação, captação de áudio, workflow (método para organizar o fluxo de trabalho) e gravação de vídeos. O curso visa capacitar os participantes a entender o processo de produção de vídeos em alta definição, incluindo as etapas de planejamento, produção e finalização.