Hortolândia inicia o projeto “Circuito SP Online” com exibição de espetáculo musical para crianças

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Hortolândia inicia o projeto “Circuito SP Online” com exibição de espetáculo musical para crianças

Espetáculo está disponível no canal do YouTube da Secretaria de Cultura

Que tal estimular as crianças a terem um primeiro contato com a música erudita de um jeito lúdico? É com esse objetivo que a Prefeitura de Hortolândia inicia o projeto “Circuito SP Online” com a exibição do espetáculo infantil “O Piano Mágico da Ju”. O espetáculo já está disponível nesta semana no canal do YouTube da Secretaria de Cultura, por meio deste LINK

Hortolândia foi um dos municípios premiados pelo programa “Juntos Pela Cultura”, realizado em parceria pela Associação Amigos da Arte e o governo do Estado, para participar do projeto. O prefeito José Nazareno Zezé Gomes e o secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno, receberam o troféu do programa em julho deste ano. De acordo com a Secretaria de Cultura, o projeto prevê a exibição on-line pela Prefeitura de um espetáculo neste mês, em novembro e dezembro. 

O espetáculo é protagonizado pela pianista Juliana D´Agostini. De acordo com a musicista, a proposta é levar a música erudita de forma simples e atraente para inserir as crianças nesse universo. Além de cantar e tocar, Juliana também interage com bonecos de compositores famosos da música erudita, como Mozart, Beethoven e Chiquinha Gonzaga. Juliana D´Agostini é reconhecida como uma das mais importantes pianistas da atualidade. A musicista já conquistou prêmios internacionais e passou por prestigiadas escolas de música de outros países, como a Juilliard School, de Nova Iorque (Estados Unidos), e Conservatorie de Paris (França). Ao longo de sua carreira já gravou discos e realizou parcerias com artistas pop, como o rapper Projota.

Banda Municipal realiza concerto especial do Dia das Crianças, nesta quinta-feira (14/10)

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Banda Municipal realiza concerto especial do Dia das Crianças, nesta quinta-feira (14/10)

A apresentação será presencial, às 20h, com restrição de público e seguindo os protocolos sanitários

Para marcar o Dia das Crianças e estimular nos pequeninos o gosto pela música, a Prefeitura de Hortolândia promove um concerto especial em comemoração à data. A apresentação será com a Banda Municipal, nesta quinta-feira (14/10), às 20h, no CEMMH (Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia), órgão da Prefeitura, localizado na rua Vicente Palhão, s/nº, Jardim Santa Cândida. A apresentação será presencial. 

A Secretaria de Cultura salienta que a retomada dos concertos com público é feita com restrições em razão da pandemia do Coronavírus. O concerto terá capacidade de público limitada a 25 pessoas. A retirada do ingresso deverá ser feita no local 15 minutos antes do início da apresentação. Não será permitida a entrada de pessoas após a lotação ser atingida. A Secretaria de Cultura ainda ressalta que os protocolos sanitários serão mantidos, que incluem o uso obrigatório de máscara e distanciamento. Para quem preferir, a apresentação será transmitida ao vivo on-line na página do Facebook do centro (CLIQUE AQUI).

A Banda Municipal apresentará um programa temático com músicas de filmes, séries, desenhos animados e artistas infantis conhecidos como “Tom & Jerry”, “Chaves”, “Aladdin”, “Moana”, “Frozen”, “Sítio do Picapau Amarelo”, Trem da Alegria e Turma do Balão Mágico. A Banda Municipal já existe há 27 anos. O grupo foi criado junto com o CEMMH, órgão da Prefeitura, por meio da Lei Municipal Nº 188, de 1 de junho de 1994. 

Confira abaixo o programa da apresentação da Banda Municipal desta quinta-feira (14/10):

–  “Tom & Jerry – Blue Cat Blues”

Arranjo: Joe Bellini

– “Chaves e Sua Turma” (Homenagem a Roberto Goméz Bolaños)

Arranjo: Eli Antônio Ferreira

– “Selections from Moana”

Arranjo: Jay Bocook

– “Aladdin”

Arranjo: Paul Jennings 

– “Symphonic Highlights from “Frozen”

Arranjo: Stephen Bulla

– “Sítio do Picapau Amarelo”

Arranjo: Eli Antônio Ferreira

Participação especial: Keyla Jardim Pironelli (cantora)

– “Álbum Infantil Anos 80” (pot-pourri com músicas dos grupos Trem da Alegria e Turma do Balão Mágico: “Pra Ver Se Cola”, “Dona Felicidade”, “Uni Duni Tê” e “Coração de Papelão”)

Arranjo: Eli Antônio Ferreira

Participação especial: Keyla Jardim Pironelli e Eduarda A. de Souza (cantoras)

– “Superfantástico”

Arranjo: Antônio C. Neves Campos  

Participação especial: Keyla Jardim Pironelli e Eduarda A. de Souza (cantoras)

Ação de retomada do Projeto “Achei um Livro” é nesta sexta-feira (08/10)

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Ação de retomada do Projeto “Achei um Livro” é nesta sexta-feira (08/10)

Prefeitura convida moradores de Hortolândia a procurar exemplares embalados para presente, espalhados em três espaços da Região Central

A Prefeitura de Hortolândia retoma, nesta sexta-feira (08/10), às 8h, o projeto “Achei um livro”, uma espécie de “desafio literário”, que visa estimular a leitura entre os moradores da cidade. A ação é promovida pela Biblioteca Municipal “Terezinha França de Mendonça Duarte”, da Secretaria de Cultura. Criado em 2018, foi temporariamente suspenso em dezembro de 2019 por causa da pandemia do Coronavírus, sendo retomado agora. 

Para participar da busca, basta ir a um dos três locais na Região Central, onde as equipes da Biblioteca Central espalharão, ao longo do dia, os 30 livros e procurar os exemplares embalados para presente: o Parque Socioambiental “Chico Mendes”, a Praça “Neusa Maria M. Francisco” e o entorno do Open Shopping, onde está localizada a Biblioteca. As obras tratam de diversos assuntos, tais como biografias e literatura brasileira, estrangeira e infantojuvenil. O “presente” é, na verdade, um convite para que o participante se dirija até o espaço cultural. Na embalagem vem junto um bilhete com informações da biblioteca, um selo indicando o assunto de que trata o livro e outro com o número do BiblioZap, o whatsapp da biblioteca – (19) 98970-7332. A ideia é, deste modo, aguçar a curiosidade do público e promovê-la como espaço de leitura. 

A volta acontece com mudanças: os embrulhos agora serão na cor parda, como nas primeiras versões do projeto; além disso muda a periodicidade do projeto, que passa a ser bimestral, sempre na segunda sexta-feira do mês em que for realizado. Isso garantirá que a ação aconteça o ano todo e não semestralmente como era feito.

“Este projeto é um dos mais bem avaliados pelos munícipes e, para biblioteca, é muito importante a visibilidade que ele traz. Aos poucos e com responsabilidade, queremos retomar ao ritmo normal de empréstimos de livros e fluxo de interagentes do período antes da pandemia” afirma o bibliotecário Rafael Antonio da Silva.

A Biblioteca Municipal fica na Rua Luiz de Camilo Camargo, 581, no piso inferior do Open Shopping, no Centro de Hortolândia. O horário de atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 17h. Para serviços como empréstimos, renovações presenciais, cadastro de usuários, o horário vai até 16h50. Para informações e dúvidas o telefone é (19) 3887 1684 e o e-mail bibliotecacentral.smc@hortolandia.sp.gov.

Drama erótico “As filhas do Fogo” estará no Bate-papo de Cinema do PontosMIS neste sábado (09/10)

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Drama erótico “As filhas do Fogo” estará no Bate-papo de Cinema do PontosMIS neste sábado (09/10)

Atração cultural tem o apoio da Secretaria de Cultura da Prefeitura de Hortolândia

Os amantes da sétima arte já têm opção gratuita de lazer e cultura para este final de semana de feriado prolongado, em Hortolândia. É o Bate-papo de cinema Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som), projeto do Governo do Estado que conta com o apoio da Prefeitura. A atração deste sábado (09/10), voltada ao público adulto, a partir dos 18 anos, é o filme argentino “As Filhas do Fogo”, drama erótico dirigido por Albertina Carri (veja abaixo).

Segundo a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, o filme estará disponível aos internautas, gratuitamente, a partir das 11h desta quinta-feira (07/10) até o dia do debate, no canal do MIS no YouTube, disponível nestes links: https://www.youtube.com/playlist?list=PL3fWzoSbDCCA_rDUgLscL8dDhzOv_RzhP ou https://www.youtube.com/channel/UCBjLmno30rL8nBXC11rl5-A. A exibição é feita via parceria do Museu com a Vitrine Filmes.

O bate-papo ao vivo terá como debatedora a roteirista paulistana Giuliana Monteiro, mestre em produção de filmes pela faculdade de Nova York “Tisch School of the Arts”, onde dirigiu e roteirizou diferentes projetos audiovisuais. Atualmente, trabalha em dois filmes: seu primeiro longa-metragem ficcional, “Estrada para Livramento”, com apoio do fundo Spike Lee para desenvolvimento e da Fundação “San Francisco Film Society”, e o longa-metragem documental “Bento”, em fase de finalização. O outro convidado ainda terá o nome confirmado.

Para participar do bate-papo é preciso se inscrever previamente, neste link: https://forms.gle/V2YcMS5d5jd5JF2V7. O formulário será aberto para as inscrições a partir das 11h desta quinta-feira (07/10). O debate terá acessibilidade em Libras (Língua Brasileira de Sinais).

Saiba um pouco mais sobre o filme “As Filhas do Fogo”:

(dir. Albertina Carri, Drama Erótico, Argentina, 2019, 1h55min) Três mulheres começam uma jornada poliamorosa em busca de prazer, diversão e novas formas de relação. Através de suas anotações, Violeta conta sobre as aventuras das Filhas do Fogo: um grupo de mulheres em busca do próprio erotismo.

Duas oficinas culturais gratuitas do projeto PontosMIS estão com inscrições abertas

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Duas oficinas culturais gratuitas do projeto PontosMIS estão com inscrições abertas

Oficinas sobre “Reciclagem de Mídias” e “Cinema x Teatro” têm o apoio da Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Cultura

Se você gosta de cinema, teatro e novas mídias fique atento à seguinte oportunidade: estão abertas as inscrições para duas oficinas culturais gratuitas do projeto Pontos MIS, do Governo do Estado. São elas “Reciclagem de Mídias – Vídeo Avatar” e “Cinema x Teatro – Paralelos entre as linguagens e suas implicações no trabalho do ator”. A ação tem o apoio da Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Cultura.

Há 50 vagas disponíveis em cada uma delas. As inscrições devem ser feitas por meio da plataforma Sympla (veja abaixo).

Aberta para pessoas com 14 anos ou mais, a oficina “Reciclagem de Mídias” é voltada a educadores, professores da rede municipal e estadual de ensino e interessados em investigação com ferramentas artísticas e acontecerá nos dias 19, 21 e 22 deste mês (terça, quinta e sexta-feira), das 19h às 21h. Cada um dos três encontros terá duração de duas horas e será realizado ao vivo, via plataforma zoom. As aulas serão ministradas pelo filme-designer, educador e programador Kaká.

O link de acesso à aula será enviado automaticamente ao aluno no e-mail cadastrado na ficha de inscrição assim como o certificado. A inscrição deve ser feita neste link: https://www.sympla.com.br/oficina—reciclagem-de-midias—video-avatar-com-kaka__1357407?token=65410351fd7dbe5abbea9e8f766a13d7.

Já a oficina “Cinema x Teatro – paralelos entre as linguagens e suas implicações no trabalho do ator” é aberta a pessoas a partir de 14 anos, interessadas no tema. As aulas serão realizadas ao vivo pela plataforma Zoom, em três encontros, nos dias 25, 27 e 29 deste mês (segunda, quarta e sexta-feira), das 19h às 21h. O curso será ministrado pela atriz, diretora, educadora, preparadora de elenco e pesquisadora em cinema Vanise Carneiro.

Assim como na outra oficina, o link de acesso a cada a aula será enviado automaticamente no e-mail cadastrado na ficha de inscrição, bem como o certificado. A inscrição deve ser feita neste link: https://www.sympla.com.br/oficina-cinema-x-teatro—paralelos-entre-as-linguagens-e-suas-implicacoes-no-trabalho-do-ator__1333777?token=7ea7de31ea250e6048569eea346bdfed.

Saiba mais sobre a oficina “Reciclagem de Mídias – Video Avatar”: 

A oficina pretende refletir sobre a questão do mundo-mídia, da subjetividade e sua produção nesse contexto a partir de exercícios simples. O propósito é dar insumos para professores, educadores, mães, pais e responsáveis por jovens para a aproximação ao contexto midiático e “memético”, próprio desta faixa etária. A ideia é fazer um misto de reflexão e criação de mídias (colagens, gifs e videos) a partir da re-combinação, da mistura e do remix de materiais preexistentes e disponíveis na internet e em fontes impressas (jornais, revistas, etc). Assim, os pequenos trabalhos criados serão a fonte para pensar o mundo, o lugar de cada um nele e nas informações consumidas diariamente.

Saiba mais sobre a oficina “Cinema x Teatro – paralelos entre as linguagens e suas implicações no trabalho do ator”:

A oficina Cinema x Teatro traça paralelos entre as duas linguagens, enfocando de que forma suas particularidades interferem diretamente no trabalho do ator. Partindo da análise da presença do ator – corpo/imagem, no cinema e no teatro, serão abordadas questões técnicas e estéticas, diferenças e semelhanças e a maneira como se dá a comunicação na relação ator/câmera/espectador.

Biblioteca Municipal de Hortolândia retorna Projeto “Achei um Livro”

Biblioteca Municipal de Hortolândia retorna Projeto “Achei um Livro”

Moradores são convidados a procurar exemplares embalados para presente, espalhados em três espaços da Região Central

Um dois queridinhos do público leitor está de volta. A partir desta sexta-feira (08/10), a Prefeitura retoma o projeto “Achei um livro Hortolândia”, uma espécie de “desafio literário”, que visa estimular a leitura entre os moradores da cidade. O projeto, promovido pela Biblioteca Municipal “Terezinha França de Mendonça Duarte” desde 2018, foi temporariamente suspenso em dezembro de 2019, em razão da pandemia do Coronavírus.

Nesta retomada do projeto, equipes da Biblioteca Central espalharão, em três locais da Região Central, 30 livros embrulhados para presente. São eles: o Parque Socioambiental Chico Mendes, a Praça “Neusa Maria M. Francisco” e o entorno do Open Shopping, onde está localizada a Biblioteca. O presente é, na verdade, um convite para que a pessoa se dirija até o espaço cultural. A ideia é, deste modo, aguçar a curiosidade do público e promover a biblioteca como espaço de leitura. As obras embaladas tratam diversos assuntos, tais como biografias e literatura brasileira, estrangeira e infantojuvenil.

A volta acontece com mudanças: os embrulhos dos livros são na cor parda, como nas primeiras versões do projeto; além disso muda a periodicidade do projeto, que passa a ser bimestral, sempre na segunda sexta-feira do mês em que for realizado. Isso garantirá que a ação aconteça o ano todo e não semestralmente como era feito.

Junto do “presente” vem um bilhete com informações da biblioteca, um selo indicando o assunto de que trata o livro e outro com o número do BiblioZap, o whatsapp da biblioteca – (19) 98970-7332.

“Este projeto é um dos mais bem avaliados pelos munícipes e, para biblioteca, é muito importante a visibilidade que ele traz. Aos poucos e com responsabilidade, queremos retomar ao ritmo normal de empréstimos de livros e fluxo de interagentes do período antes da pandemia” afirma o bibliotecário Rafael Antonio da Silva.

A Biblioteca Municipal fica na Rua Luiz de Camilo Camargo, 581, no piso inferior do Open Shopping, no Centro de Hortolândia. O horário de atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 17h. Para serviços como empréstimos, renovações presenciais, cadastro de usuários, o horário vai até 16h50. Para informações e dúvidas o telefone é (19) 3887 1684 e o e-mail bibliotecacentral.smc@hortolandia.sp.gov.

Oficina sobre “O cinema brasileiro contemporâneo em 3 atos” está com inscrições abertas

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Oficina sobre "O cinema brasileiro contemporâneo em 3 atos" está com inscrições abertas

Projeto do PontosMIS, do Governo do Estado, conta com o apoio da Prefeitura de Hortolândia

Você gosta de cinema? Que tal fazer um minicurso gratuito com um especialista na área? Já estão abertas as inscrições para a oficina “O cinema brasileiro contemporâneo em 3 atos”, promovida pelo Projeto PontosMIS, que conta com o apoio da Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Cultura.

Há 50 vagas disponíveis por cidade. As inscrições devem ser feitas via plataforma Sympla, após cadastro prévio. Podem se inscrever pessoas a partir dos 15 anos de idade, interessados no tema. Para acessar a Sympla, clique neste link: https://www.sympla.com.br/oficina-o-cinema-brasileiro-contemporaneo-em-3-atos–com-bruno-cuccio__1322183?token=5d7a2dc2dac880157d50fab545f67f26 

De acordo com o Pontos MIS, a oficina busca oferecer ao iniciante no assunto uma perspectiva do que foi construído na área ao longo dos anos para que ele seja capaz de entender as imagens do audiovisual nacional das salas de cinema de hoje. As aulas expositivas visam ainda fazer com que o aluno crie repertório, passando pelas diversas propostas estéticas realizadas pelos diretores do cinema brasileiro do período abordado e tenha a possibilidade de debater as soluções que os artistas deste cinema brasileiro buscaram realizar em suas representações do mundo.

As aulas serão ministradas por Bruno Cucio (veja abaixo). Haverá três encontros, nos dias 11, 13 e 15 deste mês (segunda, quarta e sexta-feira), sempre das 19h às 21h. O link de acesso à aula será enviado automaticamente ao aluno no e-mail cadastrado na ficha de inscrição, assim como o certificado.

Sobre a oficina 

O curso visa promover a discussão sobre o cinema nacional, estabelecendo um recorte temporal entre o período da Retomada, nos anos 90, até os dias de hoje. Divididas em três partes, as aulas propõem um diálogo entre o contexto sócio político cultural e as transformações estéticas que os artistas buscaram como tentativa de representação no período e na atualidade. Assim, o curso passará por fatos como o fechamento da Embrafilme e do Ministério da Cultura em 1990, a criação da Ancine no início dos anos 2000, o forte ressurgimento do financiamento e editais públicos, a situação atual da produção audiovisual e diversas análises de filmes do período.

Sobre a professor

Bruno Cucio é graduado pela FAAP em Cinema, mestre pelo departamento de artes da UNESP e sócio da Travessia Filmes, desde 2009 atua em projetos audiovisuais voltados à produção artística e à formação de público. Foi produtor executivo em Para’í (2018), longa-metragem dirigido por Vinicius Toro e produzido pela Travessia Filmes exibido nos principais festivais do país, como: 51° Festival de Brasília, 20ª Mostra do Rio, 22ª Mostra de Tiradentes e 17° FICI – Festival Internacional de Cinema Infantil, além de importantes festivais no exterior, como: 34° Festival de Guadalajara, 59° Festival de Cartagena e 67° Festival de Mannhein-Heidelberg, entre outros. Dirigiu o curta- metragem Um Homem Satisfeito (2015), exibido no Festival Internacional de Cine de Punta del Este (2016), 26º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo, entre outros; Até Onde (2013), exibido no canal CINEBRASILTV, ganhador de menção honrosa de melhor filme no 7º Festival Ojo del Sancocho (2014, Colômbia), selecionado para a 17ª Mostra de Tiradentes, entre outros; Será (?) (2012), realizado em parceria com o grupo de teatro Caixa de Imagens e exibido no Centro Cultural São Paulo e no Festival de Cinema de Paranapiacaba.

Coordenou o projeto socioeducacional Circuito Cultural, de 2010 até 2013, além de dar aulas de roteiro e direção em escolas e instituições de ensino, como: Pontos MIS, Instituto de Cinema, SESC, POIESIS, IED – Instituto Europeu de Design, Colégio Bandeirantes, Escola Oswald de Andrade e Escola Carandá Viva Vida.

Foi produtor e curador dos festivais de cinema XI Cinefest Gato Preto, contemplado pelo ProAC Ações de Fomento, em 2014; e Move Cine Arte, em 2012.

Biblioteca Municipal divulga lista dos livros mais emprestados em setembro

Da Redação Prefeitura de Hortolândia

Biblioteca Municipal divulga lista dos livros mais emprestados em setembro

Desta vez, temas como educação, finanças e música conquistaram a atenção dos leitores de Hortolândia

Em busca de uma boa dica de leitura para o final de semana? Que tal dar uma olhada na lista de obras mais emprestadas, divulgada nesta sexta-feira (01/10), pela Secretaria de Cultura da Prefeitura de Hortolândia? Com a reabertura ao público e a volta dos empréstimos de obras, a Biblioteca Municipal “Terezinha França de Mendonça Duarte” retomou a divulgação do “Ranking da leitura”, listagem mensal dos livros mais procurados na unidade.

Em setembro, a fábula infantojuvenil “A festa no céu”, recontada pela autora Ângela Lago, conquistou o topo da lista; em segundo lugar, vem um clássico da ficção científica, “Eu, robô”, de Isaac Asimov, obra que ganhou adaptação cinematográfica; por fim, em terceiro, ficou a biografia “Eu sou Malala: como uma garota defendeu o direito à educação e mudou o mundo”, da ativista paquistanesa, Malala Yousafzai. Dados registrados pela Biblioteca Municipal revelam que, no mês passado, houve 744 empréstimos, cerca de 11% a mais em relação ao mês de agosto.

Na avaliação da equipe da Biblioteca, o ranking de setembro mostra o interesse dos leitores por temas como educação, finanças e música, perfil diferente do verificado nos meses anteriores, em que predominou a opção por livros de ficção de literatura estrangeira. Outro aspecto que chamou atenção naquele mês foi o registro de 78 pedidos de renovações de empréstimos pelo serviço de whastsapp, o BiblioZap – (19) 98970-7332.

“Embora ainda um pouco abaixo do movimento rotineiro antes da pandemia, estamos sentindo um crescimento na procura da biblioteca e nos serviços que ela oferece para facilitar a vida do interagente”, afirma o bibliotecário Rafael Antonio da Silva.

A Biblioteca Municipal fica na Rua Luiz de Camilo Camargo, 581, no piso inferior do Open Shopping, no Centro de Hortolândia. O horário de atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 17h. Para serviços como empréstimos, renovações presenciais, cadastro de usuários, o horário vai até 16h50. Para informações e dúvidas o telefone é (19) 3887 1684 e o e-mail bibliotecacentral.smc@hortolandia.sp.gov

Concerto gratuito do grupo de flautas e percussão “Sopro de Prata” é nesta quarta-feira (29/09)

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Concerto gratuito do grupo de flautas e percussão “Sopro de Prata” é nesta quarta-feira (29/09)

Apresentação presencial, às 20h, no Centro de Educação Musical, será transmitida ao vivo no Facebook da Banda Municipal

O grupo de câmara “Sopro de Prata”, um dos integrantes do CEMMH (Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia) da Prefeitura, realiza, nesta quarta-feira (29/09), concerto presencial gratuito, com transmissão ao vivo pela internet. O evento começa às 20h, na Sala “Maestro Eleazar de Carvalho”, localizada no próprio CEMMH, na Rua Vicente Palhão, s/nº, no Jardim Santa Cândida, com transmissão simultânea pelo Facebook (www.facebook.com/bandahortolandia.cem). 

Segundo a Secretaria de Cultura, a exemplo do que aconteceu nos concertos dos grupos “Da Campana Pra Fora” e “Vibrasax”, as apresentações musicais estão sendo retomadas de maneira gradual, a partir de setembro, nestas duas modalidades, presencial e remota/online, respeitando todos os protocolos sanitários.

O programa do concerto do grupo de flautas “Sopro de Prata” terá o seguinte repertório: Alan Silvestri- Avengers, Alan Menken-Aĺadin (Arranjo:Tsuyoshi Yoroiguma), Wiz Khalifa- See you again (Arranjo: Diogo Jeenges), Marc Shaiman-Família Addams, Alan Menken- Under the Sea (Arranjo: Kate Agioritis), Lin-Manuel Miranda-How far I’ll go.

Confira abaixo as orientações para assistir ao concerto presencial, na Sala “Maestro Eleazar de Carvalho”:

•          Capacidade reduzida para 25 lugares;

•          Ingresso a ser retirado 15 minutos antes do horário do concerto;

•          Obrigatório uso de máscara;

•          Demais protocolos sanitários como álcool em gel, aferição de temperatura e distanciamento social;

•          Não será permitida a entrada, após a lotação estabelecida.

Confira os novos integrantes do Conselho Municipal de Política Cultural de Hortolândia

Da Redação | Prefeitura de Hortolândia

Confira os novos integrantes do Conselho Municipal de Política Cultural de Hortolândia

Eleição dos membros da sociedade civil para o biênio 2021-2023 foi neste domingo (26/09), em quatro lugares da cidade

O CMPC (Conselho Municipal de Política Cultural) de Hortolândia já tem novos membros eleitos para representar a sociedade civil, durante o biênio 2021-2023. Os nomes foram publicados, nesta terça-feira (28/09), na edição 1323 do Diário Oficial Eletrônico de Hortolândia, disponível neste link: https://publicacoesmunicipais.com.br:8443/api/acts/hortolandia/1323.

A eleição aconteceu no domingo (26/09), em quatro pontos de votação, e foi acompanhada pela Prefeitura, por meio de agentes da Secretaria de Cultura, e por integrantes da Comissão Organizadora da Eleição, dentre eles servidores públicos e membros da sociedade civil, que receberam os eleitores, prestando orientações e garantindo o cumprimento das normas sanitárias e eleitorais. 

Concluído o período de votação, das 9h às 13h, foi realizada a contagem dos votos por segmento e a tabulação dos dados. Ao todo, 691 eleitores participaram do pleito. Houve 3.222 votos válidos, 2.267 em branco e 39 nulos. O eleitor pode votar em cada um dos oito segmentos, optando por apenas um candidato por área (Pontos de Cultura; Artes Cênicas; Música; Livros, Leitura e Literatura; Economia da Cultura; Cultura Digital, Artes Visuais e Audiovisual; Manifestações e Expressões Culturais de Rua e Patrimônio Cultural Material e Imaterial). Segundo a Secretaria de Cultura, isso explica porque a quantidade de votos é maior que a de eleitores.

Ao todo, foram eleitos 11 membros, entre titulares e suplentes. Confira a listagem completa dos eleitos abaixo. Com a eleição, a Secretaria de Cultura reativa o Conselho Municipal de Política Cultural, elemento do Sistema Municipal de Cultura, garantindo a participação da população no desenvolvimento das Políticas Culturais no Município, além de colaborar na gestão e fiscalização do Fundo Municipal de Cultura. A data da posse nos novos eleitos ainda será definida. 

“A comissão da eleição, partilhada entre o poder público e sociedade civil, juntamente com os(as) candidatos(as) a conselheiros(as) de cultura, tornou o processo eleitoral exitoso e histórico para a cidade. Tivemos quase 700 pessoas votantes, que puderam votar em um dos quatro lugares da cidade , ou seja, contemplando todas as regiões da cidade”, afirmou o secretário adjunto de Cultura, Cléuzer Marques de Lima, o John Lenon.

Confira os novos membros eleitos, por segmento:

ECONOMIA DA CULTURA

TITULAR – JURACI DOS SANTOS MOREIRA – 374 votos

PONTOS DE CULTURA

TITULAR – RODRIGO ALVES DOMINGOS –  357 votos

LIVROS, LEITURA E LITERATURA

TITULAR – JOSÉ COELHO RODRIGUES – 324 votos

CULTURA DIGITAL, ARTES VISUAIS E AUDIOVISUAL

TITULAR – DIEGO MARCEL FREITAS PEREIRA –  355 votos

PATRIMÔNIO CULTURAL MATERIAL E IMATERIAL

TITULAR – JULIA RANY CAMPOS UZUN – 338 votos

ARTES CÊNICAS

TITULAR – VANESSA REIS CRUZ – 147 votos

SUPLENTE – MIRIAM C. DIAS MODESTO – 132 votos

MANIFESTAÇÕES E EXPRESSÕES CULTURAIS DE RUA

TITULAR – LEONARDO APARECIDO CARVALHO – 295 votos

SUPLENTE – JURACY MONTEIRO DOS SANTOS – JURA DO POTE – 242 votos

MÚSICA

TITULAR – EDILAINE SILVA OLIVEIRA DE LIMA – 159 votos

SUPLENTE – JAIRO CESAR PIRES – 151 votos